Outras Edições

Em destaque Japão

Embaixador da Rússia no Japão presta homenagem às vítimas da bomba atômica em Hiroshima

"Não temos a intenção de usar armas nucleares", disse Mikhail Galuzin

Crédito: Reuters - 04/08/2022 - Quinta, 18:12h

Hiroshima, Japão - O embaixador da Rússia no Japão prestou homenagem em um memorial em Hiroshima nesta quinta-feira (4), dizendo que queria destacar os esforços de Moscou para reduzir as armas nucleares e criticando a decisão de não ter sido convidado para uma cerimônia oficial no próximo sábado (6), informou a mídia.

Hiroshima se tornou a primeira cidade a sofrer um bombardeio atômico em 6 de agosto de 1945, e realiza uma cerimônia todos os anos no aniversário do ataque dos EUA que matou mais de 140.000 pessoas até o final daquele ano, convidando regularmente embaixadores de 100 países para participar.

Mas este ano, a Rússia não foi convidada por causa de sua invasão na Ucrânia, disse um funcionário da cidade.

O embaixador da Rússia no Japão, Mikhail Galuzin, acompanhado por cerca de 20 funcionários da embaixada, ofereceu flores em uma pedra memorial no Parque da Paz da cidade, informou o jornal Asahi.

"Vim para mostrar a atitude positiva da Rússia em relação à redução de armas nucleares", disse ele, acrescentando que a ausência de um convite para a cerimônia de sábado "ignorou isso".

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e, pouco depois, o presidente russo, Vladimir Putin, levantou indiretamente a possibilidade de um ataque nuclear.

"Não temos a intenção de usar armas nucleares. Isso não foi referido direta ou indiretamente", disse Galuzin, acrescentando que os Estados Unidos estão tentando distrair a opinião mundial de "suas próprias políticas irresponsáveis".

O embaixador da Rússia participou da cerimônia alguns anos e ficou afastado em outros, assim como os embaixadores de outros países, disse o funcionário da cidade.

O embaixador dos EUA, Rahm Emanuel, participará da cerimônia em Hiroshima no sábado, disse a embaixada norte-americana nesta semana, bem como uma em Nagasaki, que sofreu um bombardeio atômico pelos militares dos EUA em 9 de agosto de 1945.

Foto: Reuters
Embaixador russo Mikhail Yurievich Galuzin e outros funcionários no Parque Memorial da Paz, em Hiroshima
Compartilhe
Comentários

1688 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203