Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Coreia do Sul dará pílula da Pfizer a pacientes com Covid-19 diante de onda da Ômicron

21.000 das pílulas Paxlovid serão enviadas para cerca de 280 farmácias e 90 centros de tratamento residenciais

Crédito: Redação - 13/01/2022 - Quinta, 16:11h
Seul - A Coreia do Sul começará a tratar pacientes com coronavírus com pílulas antivirais da Pfizer nesta sexta-feira (14), disseram autoridades de saúde, à medida que aumenta a preocupação com a disseminação da variante altamente contagiosa Ômicron.

Pelo menos 21.000 das pílulas, chamadas Paxlovid, chegarão nesta quinta-feira (13) e serão enviadas para cerca de 280 farmácias e 90 centros de tratamento residenciais, disse a Agência de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia (KDCA).

O medicamento será usado para tratar mais de 1.000 pessoas por dia, com grupos prioritários incluindo pacientes com alta chance de desenvolver sintomas críticos, pessoas com 65 anos ou mais e pessoas com imunidade reduzida, disse o KDCA.

Outros 10.000 comprimidos devem chegar no final do mês.

O Paxlovid foi quase 90% eficaz na prevenção de hospitalizações e mortes em pacientes com alto risco de doenças graves, e os dados sugerem que ele mantém sua eficácia contra a Ômicron, disse a Pfizer.

A Coreia do Sul tem explorado ferramentas farmacêuticas adicionais para evitar um surto de infecções causada pela variante Ômicron. O país aprovou o uso da vacina da Novavax Inc na quarta-feira (12).

O KDCA registrou outro recorde de casos importados de COVID-19 na quarta-feira, 391, entre uma contagem de 4.167 infecções no dia.

Desde logo após o início da pandemia, o país de 52 milhões de pessoas está entre as histórias de sucesso de mitigação do coronavírus, com 679.030 casos ao todo e 6.210 mortes, alcançadas em grande parte com máscaras e distanciamento social.

A variante Ômicron representa uma pequena fração de seus casos gerais, mas a participação mais do que triplicou para cerca de 12,5% nas últimas duas semanas.

Autoridades de saúde alertaram que este mês pode se tornar dominante, como aconteceu nos Estados Unidos e em grande parte da Europa, e as contagens diárias podem subir para 20.000 no próximo mês.

O governo deve decidir na sexta-feira se estenderá as regras de distanciamento social, que foram restabelecidas em meados de dezembro, depois que as infecções diárias atingiram novos máximos de quase 8.000.

Mais de 84,4% dos sul-coreanos foram totalmente vacinados e 43,1% receberam uma dose de reforço na quarta-feira, mostraram dados da KDCA.


Foto: Reuters

Compartilhe
Comentários

1364 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203