Outras Edições

Em destaque Brasil

Vídeo: queda de rocha sobre lanchas deixa 7 mortos e dezenas de feridos em MG

Mais de 30 pessoas foram encaminhadas para hospitais da região

Crédito: Reuters - 09/01/2022 - Domingo, 09:04h

Matéria atualizada às 10h45.

Capitólio - Pelo menos sete pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, após pedras se soltarem de um cânion no lago de Furnas em Capitólio (MG) no sábado (8) e atingirem lanchas que estavam no local, conforme informações do Corpo de Bombeiros do Estado.

O número de desaparecidos caiu para três, informou o porta-voz da corporação tenente Pedro Aihara. Inicialmente havia a informação de 20 desaparecidos.

"O número de desaparecidos foi diminuido substancialmente porque boa parte das vítimas... estavam sem contato, uma vez que elas se deslocaram por meios próprios para as unidades hospitalares da região", afirmou Aihara em áudio enviado à imprensa.

"Fizemos uma força tarefa integrada que conseguiu contato com essas pessoas, resgatadas pelas próprias embarcações."

Trabalhos de busca e salvamento do Corpo de Bombeiros foram planejados e continuam em curso, pontuou o porta-voz, com suspensão das atividades de mergulho durante a noite por questões de segurança.

O incidente teria ocorrido após uma "cabeça d´água" atingir a região dos cânions, com o rolamento de pedras e estruturas rochosas, que atingiram ao menos quatro embarcações, das quais duas sofreram impacto direto, disse mais cedo o porta-voz.

A Defesa Civil de Minas Gerais emitiu alerta de chuvas intensas para o município de Capitólio horas antes do ocorrido.

Também mais cedo Aihara havia informado que mais de 30 vítimas foram encaminhadas para hospitais da região e 27 delas já haviam sido atendidas e liberadas. As vítimas fatais, de acordo com os bombeiros, foram encontradas mortas já no local.

Em nota, a Marinha do Brasil informou que será instaurado um inquérito para apurar causas e circunstâncias do fato ocorrido. Disse ainda que tomou conhecimento do acidente no fim da manhã de sábado.

"DelFurnas deslocou, imediatamente, equipes de Busca e Salvamento (SAR) para o local, integrantes da Operação Verão ora em andamento, a fim de prestar o apoio necessário às tripulações envolvidas no acidente, no transporte de feridos para a Santa Casa de Capitólio, e no auxílio aos outros órgãos atuando no local", disse a Marinha.

Por meio de seu perfil no Twitter, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, se pronunciou sobre o acidente: “Sofremos hoje a dor de uma tragédia em nosso Estado, devido às fortes chuvas, que provocaram o desprendimento de um paredão de pedras no lago de Furnas, em Capitólio. O governo de Minas está presente desde os primeiros momentos através da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros”.

Foto: Reprodução
Momento de queda de rocha no cânion de Capitólio

Compartilhe
Comentários

1364 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203