Outras Edições

Em destaque Comunidade

Quem controla o que as crianças e os adolscentes consomem na internet?

Cabe aos pais a responsabilidade de saber se o que a criança assiste no dia a dia é adequado para a idade dela

Crédito: Luara Yamamoto/Alternativa - 25/11/2021 - Quinta, 18:32h

Olá, cara audiência. Aqui quem fala é uma jovem adulta, consumidora de inúmeras mídias de entretenimento e amante de histórias no geral.

Há mais ou menos um mês, uma rede de TV brasileira transmitiu uma matéria sobre os perigos da exposição de crianças e adolescentes a conteúdos violentos, tanto na internet quanto na televisão. É um assunto interessante a ser discutido, porém o modo que a reportagem escolheu para abordá-lo foi menos do que satisfatório. Sensacionalista é a palavra certa para descrever o desserviço que fizeram para chamar atenção, apoiando-se na velha crença de que "animes são desenhos violentos e impróprios para crianças" e usando de exemplo Death Note, um anime extremamente sangrento e complexo, cuja faixa etária é para maiores de 16 anos. Eles citaram a última parte, mas logo se esqueceram de recapitulá-la, porque o objetivo deles não era conscientizar os pais a se aterem na classificação indicativa dos programas, filmes e séries que os filhos consomem, mas sim "demonizar" um conteúdo que eles próprios desconhecem para gerar polêmica e audiência. E o pior é que não é a primeira vez que a mídia usa a tática de culpabilizar os autores desses produtos, ao invés de incentivar os pais a participarem mais da vida dos filhos.

Mas atenção. Não estou dizendo que os pais devem controlar excessivamente tudo que as crianças consomem diariamente, muito menos proibir sem saber do que se trata antes, e nem achar que elas serão influenciadas a acreditar no que veem com tanta facilidade. A preocupação é justificada, pois a infância é um período de aprendizagem e de estímulo a imaginação. Mas a partir dos 6 anos de idade, a criança já começa a desenvolver discernimento entre o certo e o errado, e o real e o imaginário. Então, é ilógico acreditar que qualquer filme, jogo ou série pode instigá-la a cometer um ato hediondo do nada. Existem fatores externos que contribuem muito mais nesses casos do que um mero "desenho adulto", como pais e responsáveis negligentes, controladores e abusivos, problemas na escola e/ou psicológicos que necessitam de atenção e cuidado, entre outros. Por isso, cabe aos pais a responsabilidade de saber se o que a criança assiste no dia a dia é adequado para a idade dela ou não.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

1237 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203