Outras Edições

Em destaque Entretenimento

Ator Alec Baldwin diz estar com coração partido após acidente fatal com arma em set de filmagem

Amigos e colegas de trabalho rendem homenagem à diretora de fotografia morta

Crédito: Reuters - 23/10/2021 - Sábado, 10:51h
Santa Fé - O astro de Hollywood Alec Baldwin disse, na sexta-feira (22), que está com o "coração partido" após disparar uma arma cenográfica que matou a diretora de fotografia em um set de filmagem, acrescentando que está cooperando com a investigação policial para determinar como o incidente ocorreu.

"Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, uma esposa, mãe e colega profundamente admirada", escreveu Baldwin no Twitter.

"Estou em contato com o marido dela, oferecendo meu apoio a ele e sua família. Meu coração está partido por seu marido, seu filho e por todos os que conheciam e amavam Halyna."

O incidente ocorreu na tarde de quinta-feira (21) no set do filme "Rust", no Rancho Bonanza Creek, instalação de produção ao sul de Santa Fé, no Novo México, de acordo com o Departamento de Polícia da cidade.

Hutchins foi transportada de helicóptero ao Hospital da Universidade de Novo México, onde foi declarada morta.

Baldwin, de 63 anos, é coprodutor de "Rust", um filme de faroeste que se passa no Kansas dos anos 1880. Ele também interpreta o personagem que dá título ao filme, um avô fora da lei de um menino de 13 anos condenado por uma morte acidental.

O gabinete do xerife disse que nenhuma acusação foi feita e que a investigação permanece "aberta e ativa". Baldwin foi ao gabinete do xerife espontaneamente e deu uma declaração sobre o incidente, segundo o jornal "Santa Fe New Mexican".

O diretor do filme, Joel Souza, foi ferido e levado de ambulância a um hospital local. A atriz Frances Fisher, que também estrela o filme, disse no Twitter: "Souza me mandou uma mensagem de texto dizendo que saiu do hospital".

Baldwin foi visto "angustiado e em prantos" do lado de fora do departamento do xerife na quinta-feira, de acordo com o jornal local.

Conhecido por suas representações do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump no programa de humor da NBC "Saturday Night Live", Baldwin é um ator versátil que estrelou em comédias e dramas ao longo da carreira no cinema e na televisão. Ele foi indicado ao Oscar por sua atuação em "The Cooler", de 1993, e ganhou vários prêmios Emmy e Globo de Ouro.

A produção do filme foi suspensa por "período indeterminado", disseram vários veículos de notícias citando a produtora, Rust Movie Productions LLC. Um e-mail enviado para a produção do filme não foi respondido.

A estrada que leva ao local foi interditada na manhã desta sexta-feira, com seguranças pedindo às pessoas que retornassem.

MUNIÇÃO REAL 

A arma cenográfica que matou a diretora de fotografia continha uma munição real, disse um sindicato de Hollywood em uma mensagem aos membros, segundo publicações da indústria do cinema.

"Uma munição verdadeira foi acidentalmente disparada no set pelo ator principal, atingindo a diretora de fotografia Halyna Hutchins, integrante da Local 600, e o diretor Joel Souza", disse uma filial local do sindicato IATSE aos membros em memorando, de acordo com a Variety e a IndieWire.

HOMENAGEM 

Colegas e amigos arrasados pediram ao mundo que se concentre em Hutchins e seu imenso talento, enquanto a indústria cinematográfica debatia o uso de armas cenográficas no set e a participação de Baldwin.

"Há Alec Baldwin, todas essas notícias falando sobre isso porque gostamos de sensações como essa", disse Andriy Semenyuk, diretor de fotografia e amigo de Halyna. "E eu realmente gostaria de me concentrar em lembrar uma pessoa incrivelmente talentosa... a capacidade que ela estava trazendo para esta indústria."

"Isso é o que ela realmente era, sem mencionar sua personalidade, sem mencionar ser uma mãe incrível. Basta lembrar dela pelo que ela fez, por seu talento, por suas realizações."

Nascida na Ucrânia, a carreira de Hutchins em Los Angeles incluiu créditos cinematográficos em 32 filmes, incluindo "Archenemy", estrelado por Joe Manganiello.

"Estou em choque", tuitou Manganiello. "Tive a sorte de ter Halyna Hutchins como minha diretora no 'Archenemy'. Um talento incrível e uma ótima pessoa. Não posso acreditar que isso poderia acontecer nos dias de hoje... tiros de uma arma cenográfica podem matar um profissional? Que tragédia horrível. Meu coração está com a família dela."


Foto: Reuters
Diretora de fotografia Halyna Hutchins, que morreu em acidente em set de filmagem 

Compartilhe
Comentários

1237 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203