Outras Edições

Em destaque Japão

Volume de produção da Honda chega a 40% entre agosto e setembro e será de 70% no mês 10

A empresa alega falta de componentes automotivos, como é o caso de semicondutoes

Crédito: Reuters com Redação - 21/09/2021 - Terça, 13:55h
Tóquio - A Honda Motor Co. disse nesta terça-feira (21) que suas fábricas de automóveis no Japão operaram com 40% da capacidade em agosto e setembro. O motivo é a escassez de semicondutores e outros componentes causada pela pandemia da COVID-19.

Em um comunicado à imprensa em seu site, a Honda disse que a produção no início de outubro deve se recuperar para 70% da capacidade.

"Estamos fazendo o que podemos para minimizar o impacto na produção, mas a situação continua incerta", disse a empresa japonesa.

Nesta semana, a Honda também anunciou que lançará o primeiro site de venda online de carros novos no Japão no próximo mês, segundo a NHK. 

O objetivo da medida é evitar o sistema de vendas que vem vigorando nas lojas, de contato entre vendedores e clientes, em razão da pandemia do coronavírus. 

O site terá informações para compra de automóveis, cotações, contratos entre outras informações. 

Com isso a Honda espera conquistar também novos clientes, especialmente a geração mais jovem. 


Foto: Reuters
Linha de montagem de carros na fábrica da Honda Motor em Saitama 

Compartilhe
Comentários

1744 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203