Outras Edições

Em destaque Japão

Mãe pede ajuda para encontrar filha de 7 anos desaparecida desde 2019 em Yamanashi

Além da angústia que sente pela falta da filha, a mãe também tem sido atacada na internet

Crédito: Redação - 21/09/2021 - Terça, 11:48h
Yamanashi – Tomoko Ogura, de Narita, na província de Chiba, está pedindo a ajuda de todos para localizar sua filha Misaki, de 7 anos, que desapareceu de um acampamento em Yamanashi em setembro de 2019, publicou o Japan Today.  

A pequena Misaki desapareceu por volta das 15h40 do dia 21 de setembro, quando estava em um acampamento em Doshimura, na província de Yamanashi. 

A família de Misaki já distribuiu mais de 430.000 folhetos contendo sua foto, mas nenhuma informação foi dada até agora. 

Na segunda-feira (20) Tomoko e amigos da família voltaram ao acampamento e ajudaram a distribuir os folhetos e também em uma estação de trem próxima junto com a polícia. 

Tomoko disse aos jornalistas que espera que qualquer pessoa com o mínimo de informação entre em contato com a polícia. Ela disse que espera desesperadamente que sua filha volte para ela.

Na ocasião do desaparecimento, Misaki estava com sua mãe e irmã em um grupo de cerca de 30 pessoas. Ela foi vista pela última vez correndo sozinha atrás de outras crianças após ter comido lanches. 

Tomoko a viu correndo e virando à esquerda para a mata. Foi a última visão que teve da filha. 

Misaki vestia uma camisa preta de mangas compridas e jeans. 

Na ocasião, mais de 1.700 policiais, soldados da Força de Autodefesa do Japão e voluntários procuraram por ela, usando cães rastreadores e um drone equipado com sensor capaz de detectar o calor do corpo. 

Buscas foram feitas também em um riacho na mata próxima, sem sucesso. 

Infelizmente nem todas as pessoas entendem a dor da mãe, a qual tem recebido também mensagens de ódio pela internet. 

Yukio Nogami, de 69 anos, foi preso em Chiba em outubro do ano passado após ter postado uma imagem de Tomoko em seu blog, alegando que era fraudulenta uma campanha de crowdfunding (financiamento coletivo) que ela fazia para ajudar a manter a busca da filha desaparecida, segundo a Fuji TV.
 
Em agosto de 2020 a polícia prendeu Katsuji Saitsu, de 31 anos, de Shizuoka, por supostamente ameaçar matar Tomoko em postagens no Facebook entre 22 de outubro e 16 de novembro de 2019. 

Tomoko confessou que se sente duplamente angustiada, tanto com o desaparecimento de Misaki quanto com as mensagens de ódio que recebe. 

Qualquer pessoa que tenha alguma informação sobre Misaki deve ligar para a polícia da província de Yamanashi no número 0554-22-0110.


Foto: Província de Yamanashi 

Compartilhe
Comentários

1744 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203