Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Japão amplia estado de emergência para mais 4 províncias diante de explosão de infecções

Hokkaido, Ishikawa, Quioto, Hyogo e Fukuoka iniciam o quase estado de emergência

Crédito: Redação - 31/07/2021 - Sábado, 09:48h
Tóquio – O governo japonês expandiu o estado de emergência que já vigora em Tóquio também para Kanagawa, Saitama Chiba e Osaka. O recente aumento de casos de Covid-19 no país elevou os temores de que o sistema médico possa entrar em colapso durante as Olimpíadas de Tóquio, segundo a Kyodo News. 

O estado de emergência para Kanagawa, Saitama, Chiba e Osaka valerá de 2 a 31 de agosto. O estado de emergência vigente em Tóquio e Okinawa, que vigoraria até 22 de agosto, também teve seu prazo ampliado para até o fim de agosto. 

No estado de emergência, restaurantes e bares que servem bebidas alcoólicas ou oferecem serviços de karaokê devem fechar durante o período, enquanto o governo fornece dinheiro para o cumprimento da medida. Os que não servem bebidas alcoólicas devem fechar às 20h.

Além do estado de emergência, o governo anunciou que Hokkaido, Ishikawa, Quioto, Hyogo e Fukuoka iniciam no mesmo período o quase estado de emergência, recurso que não engloba a província inteira, mas cidades designadas pelos governadores. 

O ministro encarregado da resposta ao coronavírus, Yasutoshi Nishimura, disse a especialistas na sexta-feira que o governo pedirá aos restaurantes em áreas sob quase emergência que parem de fornecer álcool em princípio. Esse pedido será retirado quando o número de infecções indicar uma tendência de queda. 

Após anunciar a expansão do estado de emergência, o primeiro-ministro Yoshihide Suga disse: "As infecções estão se espalhando na área metropolitana de Tóquio, na região de Kansai e em muitas outras áreas a uma velocidade sem precedentes."

A decisão foi tomada após o governo consultar um painel de especialistas, os quais alertaram que são altas as chances de um aumento de infecções por coronavírus entre os mais jovens. 

Na sexta-feira (30), o Japão atingiu novo recorde de 10.743 infecções, ficando acima de 10.000 pelo segundo dia consecutivo. Tóquio registrou 3.300 casos, com Kanagawa e Chiba confirmando 1.318 e 753, respectivamente. 

Os especialistas dizem que o aumento dos casos de Covid-19 no país se deve à variante Delta, com origem na Índia, a qual seria responsável pelas 70% das infecções diárias em Tóquio, segundo Suga. 

Para o principal conselheiro do governo nesse campo, Shigeru Omi, "uma sensação de crise não é facilmente transmitida em meio às Olimpíadas e às férias de verão", o que indica, segundo ele, que as pessoas se acostumaram ao coronavírus e às declarações de emergência. 

A aparente sequência interminável de estados de emergência tem fito com que alguns restaurantes negligenciem os pedidos do governo, o que tornaria as medidas contra o vírus menos eficazes. 

Há quem diga que seja necessária uma lei que permita ao governo bloqueios rígidos, como foi feito em algumas partes do mundo. Mas Suga acredita que tal medida "não serviria" ao povo japonês, enquanto Omi disse que é natural discutir a medida se as abordagens baseadas em solicitações atuais não funcionam bem.

Ainda que seu programa de vacinação contra a Covid-19 seja considerado lento em comparação com outras nações, o Japão pretende ter mais de 40 por cento da população totalmente vacinada até o final de agosto, acrescentou Suga.


Foto: Reuters

Compartilhe
Comentários

1684 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203