Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Japão registra mais de 9.000 casos de Covid-19, com variante Delta dominando

As províncias de Kanagawa, Saitama e Chiba devem pedir a declaração de novo estado de emergência

Crédito: Redação - 29/07/2021 - Quinta, 09:50h
Tóquio – Pela primeira vez o Japão confirmou na quarta-feira (28) o recorde 9.583 casos de Covid-19 em um dia. Na segunda e terça-feira a capital Tóquio bateu recorde de casos, lançando mais uma vez uma nuvem sobre as Olimpíadas e pressionando o governo de Yoshihide Suga a tomar medidas mais eficazes. 

Após marcar 2.848 casos na segunda-feira (26), excedendo o recorde que havia sido registrado em 7 de janeiro, Tóquio anotou 3.177 novas infecções no dia seguinte, colocando ainda mais pressão no sistema médico, segundo a Kyodo News.  

Segundo as autoridades, o aumento nos casos se deve à variante Delta, com origem na Índia, considerada mais contagiosa e que tem se espalhado em várias regiões. 

Segundo o Instituto Nacional de Doenças Infecciosas do Japão, a variante Delta é responsável por 70% das infecções na área metropolitana. 

A contagem nacional diária estava abaixo de 2.000 no início de julho, atingindo 5.000 na quinta-feira da semana passada e 7.000 na terça-feira desta semana. 

Na quarta-feira foram registrados 9.583 casos, elevando o total no país desde o início da pandemia para quase 900.000. 

Tóquio está sob o quarto estado de emergência até 22 de agosto, ao mesmo tempo em que as províncias de Kanagawa, Saitama e Chiba relataram recordes também: 1.051, 870 e 577, respectivamente.

Os governadores das três províncias vizinhas de Tóquio comentaram que pretendem pedir nova declaração de estado de emergência. 

Os organizadores das Olimpíadas se comprometeram com o governo em realizar Jogos “seguros e protegidos”, enfatizando que o número de infecções entre atletas e outras pessoas ligadas à competição seria muito baixo. 

Mesmo diante do aumento de casos, Suga tem dito que “não há preocupação”, negando o cancelamento das Olimpíadas e pedindo para que as pessoas se movimentem menos pelas ruas. 

O chefe do Instituto Nacional, Takaji Wakita, que lidera um painel consultivo de combate à Covid-19 no Ministério da Saúde, disse em entrevista que “a propagação de infecções (durante esta semana no país) é algo nunca antes experimentado."

A média contínua de casos em um período de sete dias na capital subiu para 1.954,7 por dia, um aumento de 53% em relação à semana anterior.

Populares se mostram cansados das medidas já implantadas, especialmente alguns donos de restaurantes e bares, que se veem impedidos de trabalhar além do horário estipulado pelo governo. 

Alguns destes estabelecimentos ignoraram os pedidos para fechar mais cedo e parar de servir bebida alcoólica alegando que o governo demorou para distribuir o auxílio financeiro para ajudá-los a cobrir a receita perdida. 

Jovens, cansados das restrições, começaram a sair mais de casa. E o governo foca nesse grupo para que busque informações sobre as vacinas e assim possam ser imunizados. 

Para se ter uma ideia, dos 3.177 casos registrados, 1.078 pessoas têm cerca de 20 anos e 680 estão na faixa dos 30, o que dá mais da metade do total. 

O principal conselheiro do governo nessa questão, Shigeru Omi, disse que o sistema médico já sofre enorme pressão. 

Suga tem se reunido com membros de seu gabinete e com o ministro da Saúde, Norihisa Tamura, e na sexta-feira (30) decidirá sobre a situação de Kanagawa, Saitama e Chiba. 


Foto: iStockphoto
Tóquio 

Compartilhe
Comentários

1684 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203