Outras Edições

Em destaque Mundo

Lutadora de caratê classificada para Olimpíadas é alvo de discurso de ódio nos Estados Unidos

Há casos em que houve agressão física e até morte

Crédito: Redação - 10/04/2021 - Sábado, 15:54h
Los Angeles – A atleta nipo-americana Sakura Kokumai, que está classificada para as Olimpíadas de Tóquio nas disputas de caratê, foi alvo de discurso de ódio contra asiáticos em um parte perto de Los Angeles. 

Kokumai é do Havaí, tem 28 anos e relata em sua conta no Instagram que o fato ocorreu no início de abril, publicou a Kyodo News.  

O vídeo em que ela postou um homem aparece xingando Kokumai, chamando-a de “perdedora” e falando para que ela “vá para casa”.

Mas Kokumai analisou a situação dessa forma: “Não sei o que foi pior, um estranho gritando e ameaçando me machucar sem motivo ou pessoas ao meu redor que testemunharam tudo e não fizeram nada."

Apenas um espectador do fato falou com Kokumai oferecendo apoio, segundo ela, enquanto os outros que testemunharam tudo não reagiram ou até riram ao passar. 

Preocupada com isso, Kokumai postou ainda o seguinte em sua conta: "Cuidem uns dos outros. Cuidem uns dos outros."

"Isso poderia ter acontecido com qualquer pessoa, se não fosse eu, alguém poderia ter se machucado."

Nos Estados Unidos têm sido registrados vários casos de crimes de ódio contra asiáticos, como em Nova York e Los Angeles. 

Acredita-se que a tendência esteja ligada à disseminação do coronavírus, que é relacionado como tendo origem na China no final de 2019. 

O grupo de defesa Stop AAPI Hate, dos EUA, já recebeu mais de 2.800 relatórios de incidentes semelhantes ou até mais violentos no ano passado. 

A BBC listou os casos mais emblemáticos, como de uma imigrante tailandesa de 84 anos, na Califórnia, que morreu depois de ser jogada no chão por seu agressor. 

Em Nova York, uma chinesa de 89 anos foi esbofeteada e atearam fogo em seu corpo. Ainda em Nova York, no metrô, um estranho cortou o rosto de um passageiro filipino-americano de 61 anos. 

Uma família foi repreendida com calúnias racistas por um executivo em um restaurante na Califórnia. 

As histórias de agressões incluem um legislador asiático-americano no Kansas, que foi ameaçado em um bar por uma pessoa que o acusou de estar infectado com o coronavírus. 


Foto: Reprodução/Instagram 
Sakura Kokumai

Compartilhe
Comentários

898 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203