Outras Edições

Em destaque Mundo

Investigação inicial indica fadiga em metais e danos em pás do motor do avião da United Airlines

Aviões Boeing 777 da ANA e da JAL deverão passar por inspeções mais rigorosas em razão do problema

Crédito: Redação - 23/02/2021 - Terça, 14:40h
Washington – Sam Walt, presidente do National Transportation Safety Board (NTSB), disse na segunda-feira (22) que o dano sofrido pelo motor da Pratt & Whitney (P&W), em um Boeing 777-200 da United Airlines, no sábado (20), em uma avaliação inicial, se deveu a uma fadiga de metais. 

O motor pegou fogo durante o voo e peças caíram em áreas residenciais. Em razão disso, a aeronave da United Airlines, com 231 passageiros e 10 tripulantes, que havia acabado de decolar do aeroporto de Denver, no Colorado, precisou fazer um pouso de emergência sem registrar feridos a bordo ou em terra, segundo a Reuters. 

Os investigadores do NTSB falaram que a entrada e a carenagem do motor foram separadas e duas pás do ventilador estavam quebradas, e o restante delas apresentava danos, segundo a NHK. 

Vídeos e fotos feitos pelos passageiros serão analisados para se chegar à causa do problema. 

As outras companhias aéreas que usam os Boeing 777 foram orientadas a realizar inspeções de emergência pela Administração Federal de Aviação (FAA).

Estas aeronaves são operadas por companhias nos Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão. Nos Estados Unidos, a United Airlines é a única que trabalha com este tipo de aeronave, num total de 24 unidades. Na Coreia do Sul as companhias Korean Airlines e Asiana Airlines usam esta série da Boeing. 

O acidente com o avião da United Airlines provocou a suspensão da operação dos Boeing 777 das companhias aéreas All Nippon Airways (ANA) e Japan Airlines (JAL) no Japão, num total de 32 aeronaves.  

Walt disse que não estava claro se a falha do PW4000 da P&W no incidente deste dia 20 coincide com uma falha do motor da aeronave da mesma United Airlines com destino ao Havaí em fevereiro de 2018, que foi classificado como falha por fadiga das pás.

Um Boeing 777 da Japan Airlines também sofreu danos no mesmo motor em dezembro do ano passado, e o Japan Transport Safety Board (JTSB) verificou problemas em duas pás do ventilador, uma das quais por fadiga.

As pás do ventilador do motor da aeronave da United Airlines serão analisadas na sede da P&W ainda nesta terça-feira (23), sob a supervisão de investigadores do NTSB.

A Boeing também emitiu um comunicado dizendo que cooperará com a investigação pelas autoridades de aviação e as inspeções da fabricante de motores Pratt & Whitney.

“É importante entender verdadeiramente os fatos, circunstâncias e condições que cercam este caso antes de compará-lo a outros”, disse Sam Walt.

A Federal Aviation Administration (FAA) emitirá em breve uma ordem de melhoria da navegabilidade de emergência, que exige inspeções mais rigorosas quanto à fadiga das pás.


Foto: Reuters



Compartilhe
Comentários

1214 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203