Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Estudo no Japão diz que 20% dos casos de Covid estão ligados à campanha de viagens do governo

Quase 70 milhões de pessoas viajaram através da campanha Go To Travel

Crédito: Reuters - 24/01/2021 - Domingo, 15:16h

Tóquio - A campanha de turismo promovida pelo primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, pode ter contribuído para um forte aumento nos casos de infecção por coronavírus no país, disse um importante conselheiro para a resposta do governo à pandemia.

Embora o governo tenha dito que não há evidências de que sua campanha de viagens “Go To Travel” espalhou o coronavírus, Suga a suspendeu em dezembro para conter o aumento de casos de Covid-19, em meio à queda dos índices de aprovação do governo devido à pandemia.

Um estudo publicado na última quinta-feira pelo Journal of Clinical Medicine concluiu que “o número de casos de Covid-19 associados a viagens que envolveram o deslocamento de uma província para outra aumentou durante a campanha Go To Travel”.

A campanha de turismo, que começou em julho, ofereceu descontos em hotéis em uma tentativa de impulsionar as economias regionais, mas especialistas disseram que havia o risco de espalhar o vírus das grandes cidades para o interior.

Quase 70 milhões de pessoas viajaram no Japão através da campanha, segundo o governo.

O estudo descobriu que a incidência de casos de Covid-19 associados a viagens durante a campanha foi cerca de três vezes maior do que o período de um mês antes de seu início.

Cerca de 20% dos quase 4.000 casos de Covid-19 incluídos no estudo durante o período de maio a agosto foram relacionados a viagens.

O relatório foi escrito pelos pesquisadores da Universidade de Quioto, Asami Anzai e Hiroshi Nishiura, que atuou como conselheiro para a resposta do governo à pandemia. Nishiura foi apelidado pela mídia de “Tio 80%” por seu conselho de que as pessoas reduzissem suas interações sociais nessa quantidade.

Outro estudo publicado no mês passado também encontrou uma maior incidência de Covid-19 entre as pessoas que participaram da campanha de viagens.

Embora o Japão tenha se saído bem em comparação com muitas nações, o número de infecções mostrou poucos sinais de declínio, e um estado de emergência foi declarado para 11 províncias, incluindo Tóquio, no início deste mês.

Os planos atuais são para que o estado de emergência seja suspenso em 7 de fevereiro.

Mais de 5.000 pessoas morreram no Japão em consequência da doença, de acordo com a emissora NHK.

“A menos que façamos esforços agora, a disseminação do coronavírus continuará e o estado de emergência se arrastará indefinidamente”, disse o ministro da Economia japonês, Yasutoshi Nishimura, em entrevista coletiva.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

1163 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203