Outras Edições

Em destaque Japão

Japão terá quantidade menor de pólen alérgico este ano, prevê meteorologia

A temporada de kafunsho deve começar mais cedo, no início de fevereiro

Crédito: Redação - 20/01/2021 - Quarta, 18:16h

Tóquio - A Associação de Meteorologia do Japão (JWA, na sigla em inglês) informou nesta quarta-feira (20) que a quantidade de pólen alérgico será bem menor em grande parte do país, em comparação à media dos últimos 10 anos.

A quantidade deste ano representará de 30% a 60% do volume liberado pelos cedros japoneses e ciprestes na média anual da última década.

Mas em Hokkaido, Chiba, Aichi e Mie a quantidade será igual à média dos anos anteriores, segundo a JWA.

A temporada de pólen que causa alergia (kafunsho / 花粉症, em japonês) deve começar mais cedo, no início de fevereiro, com pico entre março e abril.

Em comparação a 2020, no entanto, a quantidade deve aumentar, já que o ano passado foi caracterizado pela pouca quantidade de pólen no ar.

O kafunsho é caracterizado por espirros contínuos, tosse, coriza, irritação e coceira na mucosa dos olhos, coceira e pressão nos ouvidos e febre nos casos mais graves. Em geral, a alergia causa também muito desconforto, indisposição, desânimo, irritabilidade e baixa capacidade de concentração.

Ao apresentar os sintomas é importante sempre consultar um médico no setor de otorrinolaringologia (jibiinkoka, ou simplesmente jibika). Por meio de exames detalhados, o especialista poderá identificar o tipo de alergia e indicar os medicamentos e tratamentos adequados.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

1163 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203