Outras Edições

Em destaque Tecnologia

WhatsApp adia para 15 de maio a entrada em vigor de sua nova política de privacidade

O site The Verge publicou que o aplicativo, porém, não vai alterar sua política de privacidade

Crédito: Redação - 16/01/2021 - Sábado, 12:51h
Estados Unidos – O aplicativo Whatsapp vai adiar em três meses a entrada em vigor da sua nova política de privacidade diante das críticas que vinha recebendo e ao ver muitos usuários migrando para outras redes. 

A atualização dos termos de uso da plataforma estava prevista para vigorar a partir de 8 de fevereiro. 

O ponto polêmico da nova política de privacidade é que os usuários do aplicativo serão obrigados a aceitar o compartilhamento de seus dados com o Facebook, segundo noticiou o Tecmundo. 

Diante da obrigatoriedade, muitos dos usuários estão instalando outros aplicativos rivais, como o Signal e Telegram, o que forçou o Whatsapp adiar para o dia 15 de maio a validade de sua nova política. 

Em nota publicada em seu blog oficial, o Whatsapp garante que “ninguém terá a conta suspensa ou excluída em 8 de fevereiro”. Mas a empresa havia informado antes que os usuários que discordassem da nova política estariam impedidos de continuar usando o aplicativo, segundo o Tecmundo. 

Até o dia 15 de maio o Whatsapp deverá esclarecer sobre o que mudará em termos de privacidade de dados e segurança das informações. 

O Whatsapp acrescentou na nota publicada em seu blog: “Tem havido muita desinformação causando preocupação, queremos ajudar todos a entender nossos princípios e fatos.”

Mas o The Verge informou que apesar do adiamento, o Whatsapp não vai alterar a obrigatoriedade de permitir o uso de dados pelo Facebook. 


Foto: iStockphoto 



Compartilhe
Comentários

1214 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203