Outras Edições

Em destaque Comunidade

Japão pode suspender visto de estrangeiros que não cumprirem quarentena após retorno ao país

O governo suspendeu a permissão de entrada de estrangeiros com propósito de negócios

Crédito: Reuters - 14/01/2021 - Quinta, 11:55h

Tóquio - O governo japonês colocou em vigor nesta quinta-feira (14) novas medidas para evitar que variantes altamente infecciosas do coronavírus entrem no país, depois da descoberta de cepas que sofreram mutações em países como Reino Unido, África do Sul e Brasil.

Japoneses e estrangeiros residentes no Japão devem apresentar exame negativo de Covid-19 no retorno ao país, além de ficar em quarentena voluntária por 14 dias em um hotel, em casa ou outro local apropriado, sem usar transportes públicos.

Os japoneses que não cumprirem a quarentena poderão ter seus nomes divulgados pelo governo, e os estrangeiros correm o risco de perder o visto, resultando em deportação.

No ano passado, um homem que retornou do Reino Unido não cumpriu a quarentena e participou de encontros e jantares. Mais tarde, ele foi diagnosticado com Covid-19 e o vírus já tinha infectado as pessoas com quem teve contato.

O governo japonês também suspendeu a permissão de entrada de estrangeiros com propósito de negócios de 11 países e regiões, incluindo China e Coreia do Sul.

O Japão proibiu no mês passado a entrada de estrangeiros não residentes após a detecção de uma nova variante altamente contagiosa do coronavírus, mas continuou recebendo pessoas em viagens de negócios.

As medidas foram criadas no momento em que o Japão passa por um surto de novas infecções, com o governo expandindo o estado de emergência da área de Tóquio para mais sete províncias.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

1163 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203