Outras Edições

Em destaque Esportes

"Vejo o celular e só tem pessoas falando mal de mim", diz líder do comitê da Olimpíada de Tóquio

O governo do Japão continua com os preparativos para realizar os Jogos

Crédito: Reuters - 13/01/2021 - Quarta, 14:33h

Tóquio - Os organizadores da Olimpíada de Tóquio devem decidir em fevereiro ou março se os riscos do coronavírus caíram o suficiente para permitir que torcedores assistam aos Jogos em julho, disse o chefe do comitê organizador na terça-feira (12).

O governo japonês e o Comitê Olímpico Internacional tomaram a decisão em março passado de adiar a Olimpíada de 2020 até julho de 2021 por causa da pandemia.

Os organizadores têm enfatizado que estão determinados a prosseguir com a realização dos Jogos neste ano, mesmo com o aumento de casos de Covid-19 e o governo japonês anunciando, nesta terça-feira, a ampliação do estado de emergência para conter a propagação do vírus.

Até o momento, não foi decidido se torcedores poderão entrar nas arenas durante os Jogos e os detentores de ingressos que não desejarem mais comparecer podem solicitar reembolso.

"Acho que teremos que tomar uma decisão muito difícil entre fevereiro e março", disse o presidente do Comitê Organizador da Olimpíada, Yoshiro Mori, em uma palestra online realizada pela agência de notícias Kyodo.

"Vejo o celular e só tem pessoas falando mal de mim. Falam mais mal de mim que o Suga (primeiro-ministro Yoshihide Suga). Isso nunca ocorreu antes, nem mesmo no meu governo", disse Mori, que foi premiê do Japão em 2000 e 2001.

PLANOS MANTIDOS
O governo do Japão continua com os preparativos para realizar as Olimpíadas de Tóquio neste verão, conforme planejado, disse o secretário-chefe do gabinete, Katsunobu Kato, nesta quarta-feira.

O Japão disse repetidamente que realizará os Jogos, apesar das pesquisas de opinião mostrarem que a maioria dos entrevistados deseja que eles sejam adiados novamente ou cancelados.

"No momento, estamos trabalhando com todos os envolvidos na organização dos Jogos para recebê-los com sucesso", disse Kato em uma entrevista coletiva.

Cerca de 80% das pessoas no Japão dizem que as Olimpíadas de Tóquio deste ano deveriam ser canceladas ou adiadas novamente, em meio a preocupações sobre um aumento recorde de casos de coronavírus em todo o país, mostrou uma pesquisa da Kyodo no domingo.

A pesquisa constatou que 35,3% desejam o cancelamento dos Jogos e 44,8% preferem outro adiamento. O maior evento esportivo do mundo, adiado no ano passado devido à pandemia, está programado para ser realizado de 23 de julho a 8 de agosto, na capital japonesa.

Os casos diários de coronavírus atingiram um recorde de 7.882 na sexta-feira passada em todo o Japão, para um total de quase 300 mil, segundo a emissora NHK.

Foto: Reuters
Presidente do Comitê Organizador da Olimpíada, Yoshiro Mori
Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203