Outras Edições

Em destaque Tecnologia

Apple e Amazon suspendem a rede social Parler por não monitorar postagens de ódio

O aplicativo é muito usado por apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Crédito: Redação - 12/01/2021 - Terça, 16:47h
Estados Unidos – O Parler saiu do ar na segunda-feira (11) após a Apple Inc. e a Amazon.com Inc. suspenderem a rede social de seus serviços na web, dizendo que o aplicativo para o qual muitos usuários de direita migraram não tomou medidas adequadas para evitar a disseminação de postagens incitando a violência, segundo a Reuters. 

O site de rastreamento Down For Everyone or Just Me indicou que o Parler havia sido suspenso pouco depois da meia-noite, o que significa que o seu criador não havia conseguido outro provedor para acomodar o aplicativo, segundo publicou a Associated France Presse (AFP). 

Procurada pela AFP, o Parler não comentou o assunto. 

A ação da Apple e da Amazon segue um movimento semelhante do Google, da Alphabet Inc., na sexta-feira. 

O Parler é preferido por muitos apoiadores do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que foi permanentemente suspenso do Twitter na sexta-feira depois da invasão do Congresso norte-americano, que resultou em um grande número de prisões e 5 mortos. 

O Parler é visto como um paraíso para pessoas expulsas do Twitter.

"Suspendemos o Parler na App Store até que eles resolvam esses problemas", disse a Apple em um comunicado no sábado.

A Amazon suspendeu o Parler de sua unidade Amazon Web Services (AWS) por violar os termos de serviço da gigante ao falhar em lidar efetivamente com o aumento constante de conteúdo violento no serviço de rede social, informou o BuzzFeed News na noite de sábado.

A AWS não respondeu imediatamente ao pedido de comentário da Reuters.

O presidente-executivo da Parler, John Matze, atacou a Apple e a Amazon, dizendo que ambas estavam em uma “guerra contra a liberdade de expressão”.

Matze, em um post respondendo à suspensão da Apple, disse: "Eles afirmam que é devido à violência na plataforma. A comunidade discorda porque atingimos o número 1 em sua loja hoje." 

O Google informou que o aplicativo precisa demonstrar moderação de conteúdo “robusta” se quiser voltar à sua loja. 

Além do Parler, usuários de mídia social de direita nos Estados Unidos migraram para o aplicativo de mensagens Telegram e o site social interativo Gab, citando o policiamento mais agressivo de comentários políticos em plataformas convencionais, como Twitter Inc. e Facebook Inc.


Foto: iStockphoto 


Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203