Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Aumento de adoções ou compra de animais de estimação preocupam entidades protetoras no Japão

Elas temem que tão logo a vida volte à normalidade, as pessoas não tenham tempo para os bichinhos

Crédito: Redação - 12/01/2021 - Terça, 15:34h
Tóquio – A pandemia do coronavírus no Japão gerou uma série de medidas que resultaram em uma menor interação entre as pessoas. E como a nova realidade tem sido motivo de grande estresse, algumas pessoas estão adotando animais de estimação como forma de aliviar as tensões.

A proposta das pessoas é até boa, mas alguns grupos de direitos dos animais alertam que o aumento pode estar criando uma situação terrível para muitos dos bichos de estimação recém-comprados.

Eles temem que tão logo a vida volte à normalidade, as pessoas tenham menos tempo para ficar em casa fazendo companhia para os bichinhos, segundo publicou a Kyodo News. 

Um homem de 47 anos que trabalha em Tóquio disse que sua esposa e seu filho, que está quarta série, costumam conversar com outros donos de cães enquanto passeiam com Cookie, um beagle que se tornou membro da família há cerca de seis meses.

O homem começou trabalhar em casa no final de fevereiro do ano passado, mas ficou um tanto recluso, pois trabalha apenas em casa.

O curioso é que a presença de Cookie resultou no fato de a família estar fazendo mais amigos na vizinhança, disse o homem.

"Por causa da conexão com Cookie, isso abriu nosso mundo", disse a esposa do homem.

O homem, por sua vez, diz que se sente seguro, pois pode conversar com outros donos de cães enquanto pratica o distanciamento social.

A família, que preferiu permanecer anônima, já queria ter um cachorro antes, mas só foi quando começaram a passar mais tempo juntos em casa devido à pandemia, e quando sentiram que poderiam cuidar das necessidades de um filhote.

"Agora eu tenho um irmão mais novo", disse o menino com um sorriso, referindo-se ao seu companheiro.

Uma pesquisa de 2020 conduzida pela Japan Pet Food Association descobriu um aumento de 15% na posse de cães e gatos em comparação com o ano anterior. 

Havia uma estimativa de 8,49 milhões de cães e 9,64 milhões de gatos mantidos como animais de estimação no Japão em outubro.

Embora a posse de animais de estimação tenha aumentado, o número de cães diminuiu enquanto o número de gatos estava no mesmo nível em comparação com 2019, uma tendência que a associação de Tóquio atribuiu ao envelhecimento da população do Japão, uma vez que os gatos são mais fáceis de cuidar do que os cães.

De acordo com a Anicom Holdings Inc., que oferece seguro saúde para animais de estimação, houve um aumento de 33,2 por cento nos novos contratos entre abril e setembro do ano passado em comparação com o mesmo período de 2019. O período inclui o tempo em que o país esteve em estado de emergência nacional sobre a pandemia entre o início de abril e o final de maio de 2020.

"Eu acho que conforme as interações entre as pessoas se tornaram restritas, os animais de estimação se tornaram algo que as pessoas que desejavam o calor da vida pudessem recorrer para acalmar sua solidão", disse um porta-voz da Anicom Holdings.

A família de Cookie diz que entende o compromisso que ter um animal de estimação exige, mas Rencontrer Mignon, um grupo que cuida de animais abandonados e encontra novos donos para eles, se preocupa com o que acontecerá com muitos animais recém-adquiridos quando a pandemia terminar.

“Estou preocupado que esses animais possam ser abandonados em cinco ou 10 anos se o afeto por eles passar”, disse uma representante do grupo, Ryoko Tomomori.

O Rencontrer Mignon anotou um aumento nos pedidos de aquisição de cães e gatos desde o início da pandemia do coronavírus, mas rejeitou os proprietários em potencial nos quais sentiram falta de compromisso.

Em alguns casos, cães ou gatos podem viver até 20 anos - uma receita para o desastre, diz Tomomori, a menos que os donos de animais estejam totalmente preparados para cuidar deles à medida que envelhecem.

"Eles exigem o mesmo grau de prontidão, anos e carga econômica que alguém precisa ter para criar um filho para se formar no ensino médio ou quando compra uma casa com hipoteca."

"Mesmo que as pessoas pensem que animais de estimação são fofos, espero que parem para pensar com calma se podem realmente manter um animal de estimação até o fim da vida de um animal de estimação", disse ela.


Foto: iStockphoto 



Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203