Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Pesquisa no Japão mostra que chá preto reduz capacidade de infecção do coronavírus em 99%

O vírus perdeu 99% de sua infecciosidade ao ficar em contato com a bebida por um minuto

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 28/11/2020 - Sábado, 10:13h

Nara - Pesquisadores da Universidade de Medicina de Nara anunciaram na sexta-feira (27) que o chá pode reduzir em quase 100% a capacidade de infecção do coronavírus, informou o jornal Sankei.

Uma equipe liderada pelo professor Hisakazu Yano, especializado em doenças infecciosas, utilizou na pesquisa 10 tipos de chá vendidos em garrafas pet em supermercados e lojas de conveniência.

O produto que apresentou melhor resultado foi o chá preto (koucha / 紅茶, em japonês).

Em um tubo de ensaio, o coronavírus perdeu 99% de sua infecciosidade ao ficar em contato com o chá preto por um minuto. Depois de 10 minutos, a redução da capacidade de transmissão do vírus se aproximou ainda mais dos 100%.

A equipe de pesquisadores pretende divulgar as 10 marcas de chá e o resultado obtido com cada uma delas, mas isso dependeria de uma autorização das fabricantes.

Segundo Yano, já existem pesquisas confirmando que a catequina, substância encontrada em chás, anula a capacidade de infecção do vírus da influenza, e agora a pesquisa mostrou que ela pode também agir sobre o coronavírus.

O professor ressaltou, no entanto, que o estudo precisa ser melhor desenvolvido e que ainda não foi feito nenhum teste de como seria o efeito do chá quando o coronavírus já está dentro do organismo humano.

Foto: Reprodução/Sankei
Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203