Outras Edições

Em destaque Japão

Promotoria exige pena de morte a homem que assassinou 9 pessoas no Japão

"Eu humildemente admito minha culpa e aceitarei a punição", disse o réu

Crédito: Redação - 26/11/2020 - Quinta, 13:57h

Tóquio - Promotores japoneses exigiram nesta quinta-feira (26) a pena de morte para um homem acusado de cometer uma série de assassinatos em 2017, tirando a vida de nove pessoas que expressaram pensamentos suicidas no Twitter, informou a agência de notícias Kyodo.

Em um julgamento no Tribunal Regional de Tachikawa, em Tóquio, os promotores pediram a pena de morte para Takahiro Shiraishi, 30 anos, que admitiu os assassinatos, esquartejando os corpos e escondendo as partes em seu apartamento em Zama (Kanagawa).

Shiraishi entrou em contato com as vítimas pelas redes sociais e as atraiu para seu apartamento.

"Eu humildemente admito minha culpa e aceitarei a punição", disse o réu durante o julgamento. A sentença será anunciada em 15 de dezembro.

O advogado de defesa de Shiraishi, no entanto, assumiu uma posição diferente e argumentou que ele matou as vítimas com seu consentimento, uma vez que elas expressaram intenção de cometer suicídio nas redes sociais.

De acordo com a acusação, Shiraishi estrangulou e esquartejou oito mulheres e um homem de 15 a 26 anos em cinco províncias de agosto a outubro de 2017. Os corpos foram encontrados dentro de caixas refrigeradas em seu apartamento.

Ele também teria roubado dinheiro das vítimas e agredido sexualmente todas as mulheres, segundo os promotores.

As vítimas são Kureha Ishihara, uma estudante de ensino médio de 15 anos de Oura (Gunma) e duas estudantes de ensino médio de 17 anos das cidades de Saitama e Fukushima - Natsumi Kubo e Akari Suda.

Também foram assassinadas Hinako Sarashina, uma estudante universitária de 19 anos, e Hitomi Fujima, uma mulher de 26 anos de Saitama, além de Mizuki Miura (21 anos), Shogo Nishinaka (20) e Kazumi Maruyama (25).

A polícia ainda identificou Aiko Tamura, 23 anos, de Hachioji (Tóquio), e o namorado dela, Shogo Nishinaka, o único homem entre as vítimas.

Foto: Reprodução
Takahiro Shiraishi, acusado de matar e esquartejar nove pessoas no Japão
Compartilhe
Comentários

770 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203