Outras Edições

Em destaque Economia

Ministro japonês diz que governo não pretende dar nova ajuda em dinheiro

"O Japão estava em estado de emergência quando deu ¥100 mil, mas agora a situação é diferente", afirmou Taro Aso

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 16/10/2020 - Sexta, 16:24h

Tóquio - O ministro das Finanças do Japão, Taro Aso, disse nesta sexta-feira (16) que o governo não tem intenção de dar outra ajuda em dinheiro para a população, depois de membros do partido governista terem pedido a distribuição de ¥50 mil por pessoa como forma de aliviar as consequências da crise do coronavírus.

"O Japão estava em estado de emergência quando deu a ajuda de ¥100 mil, mas agora a situação é diferente porque as atividades foram retomadas", disse Aso em uma entrevista coletiva, segundo o jornal Sankei.

No entanto, o ministro disse que o governo pode tomar medidas emergenciais se a economia não mostrar sinais de recuperação.

Na quarta-feira, parlamentares do Partido Liberal Democrata (PLD) tiveram uma reunião com o primeiro-ministro Yoshihide Suga e solicitaram novas medidas para movimentar a economia do Japão em meio à pandemia de coronavírus.

Entre as medidas propostas pelo partido governista estão uma nova ajuda financeira de ¥50 mil por pessoa para toda a população do país e a ampliação da campanha de descontos que incentiva viagens e idas a restaurantes.

Foto: Reuters
Ministro das Finanças do Japão, Taro Aso
Compartilhe
Comentários

1105 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203