Outras Edições

Em destaque Japão

Japão pretende tirar restrições de entrada para todos os países, com exceção de turistas

A nova medida deve entrar em vigor já no mês que vem

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 23/09/2020 - Quarta, 09:43h

Tóquio - O governo japonês pretende remover restrições de entrada para as pessoas de todos os países, mas e medida deve excluir turistas, informou o jornal Asahi nesta quarta-feira (23).

Atualmente, o Japão mantém restrições de entrada para 159 países devido à pandemia de coronavírus. Em julho, o governo passou a permitir a entrada de pessoas de sete nações, incluindo Tailândia e Vietnã.

A nova medida deve entrar em vigor no mês que vem, segundo o jornal, mas há algumas exigências, como ficar de quarentena por contra própria durante duas semanas e ter algum tipo de visto com mais de três meses de validade, o que exclui os turistas, que só podem ficar no país por até 90 dias.

O Japão também pretende liberar a entrada de estudantes de todos os países, disse o Asahi, citando fontes do governo.

O limite de entrada deverá ser de 1.000 pessoas por dia com o propósito de trabalho, estudo, negócios ou outras atividades, excluindo o turismo.

Segundo o governo, a liberação de entrada de pessoas dos sete países em julho não resultou em aumento de casos de coronavírus no Japão devido a essa medida.

Até agora, o Japão conseguiu manter suas infecções e mortes por coronavírus em níveis baixos em comparação com os países duramente atingidos, com um total de 79.900 casos e 1.519 óbitos.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

1027 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203