Outras Edições

Em destaque Comunidade

Brasileiro recebe nova acusação por assaltar loja de penhores em Kanagawa

O ladrão quebrou um mostruário de vidro e roubou joias no valor de ¥6,6 milhões

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 16/09/2020 - Quarta, 09:51h

Zama - Um brasileiro de 27 anos recebeu uma nova acusação por assaltar uma loja de penhores em Zama (Kanagawa), depois de ter sido preso por cometer um crime parecido em Gunma, informou o jornal Sankei na terça-feira (15).

Segundo a reportagem, Tiago Micheletti Kayano, com endereço desconhecido, teria entrado em uma loja de penhores na cidade de Zama, em 22 de maio, ameaçando uma funcionária de 50 anos.

O ladrão quebrou um mostruário de vidro e roubou colares, anéis e outros objetos, totalizando 97 itens no valor de ¥6,6 milhões.

Câmeras de vigilância mostraram que o brasileiro esteve na mesma loja três dias antes do assalto, fingindo ser um cliente, provavelmente para verificar a sistema de segurança do local.

Ele está negando as acusações, segundo o jornal.

Kayano foi preso em 23 de julho deste ano, depois de assaltar uma loja de penhores em Isesaki (Gunma) e agredir um funcionário que correu atrás dele na rua.

Ele quebrou um balcão de vidro e pegou relógios, colares e outros objetos avaliados em cerca de ¥2 milhões.

Um funcionário da loja correu atrás do ladrão na rua e foi agredido com socos no rosto depois de alcançá-lo.

Foto: Reprodução/JNN
Imagem de câmera de segurança mostra homem roubando relógios e outros objetos de uma loja de penhores em Isesaki
Compartilhe
Comentários

661 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203