Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Ministro da Saúde admite ser possível novo estado de emergência no Japão

Nesta terça-feira Tóquio registrou pelo menos 309 casos

Crédito: Redação - 04/08/2020 - Terça, 17:22h
Tóquio – Demorou, mas o governo central está admitindo a possibilidade de declarar um novo estado de emergência para conter a disseminação do coronavírus. 

Pelo menos é o que disse o ministro da Saúde do Japão, Katsunobu Kato. 

Kato sugeriu a possibilidade de haver outro estado nacional de emergência se as infecções do coronavírus aumentarem, publicou a NHK. 

O ministro disse a repórteres nesta terça-feira (4) que sabe que as autoridades locais estão tomando medidas para conter infecções. 

Mas ele lembrou que o governo pode declarar outro estado de emergência se o número de casos aumentar rapidamente, apesar de tais esforços.

A província de Okinawa declarou seu próprio estado de emergência recentemente, enquanto outros lugares do Japão solicitam que as pessoas evitem passeios e atividades não essenciais.

Kato disse que, no caso de haver realmente outro estado de emergência, o governo tomará uma decisão abrangente após analisar vários indicadores e ouvir as opiniões de especialistas. 

Ele disse que o governo manterá um olhar atento à tendência de infecções e estenderá a ajuda, com um sistema de testes aprimorado, quando necessário.

TERÇA-FEIRA

Nesta terça-feira foram relatadas 387 novas infecções no Japão, sendo que em Tóquio foram confirmados 309 casos, elevando o total no país para 40.605. 

Incluindo casos de quarentena em aeroportos e os 712 passageiros do navio de cruzeiros, o total passa a 41.317.

O total no Japão deve mudar ainda, já que Aichi também havia indicado a ocorrência de pelo menos 109 novas infecções. 

A província vem registrando mais de 100 casos pelo oitavo dia consecutivo. 

O número de mortos permanece em 1.018. 

Estes dados são preliminares, pois foram divulgados pela NHK pouco depois das 16h30. 

FECHAR CEDO

A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, renovou seu pedido para que restaurantes e outros estabelecimentos na capital fechem mais cedo para conter as infecções por coronavírus.

Em Tóquio, todos os estabelecimentos que servem bebida alcoólica devem fechar às 22h até 31 de agosto, assim como os salões de karaokê, 
independentemente de servirem tais bebidas.

Em declaração aos repórteres nesta terça-feira, Koike disse que é grata aos estabelecimentos que estão cumprindo seu pedido. 

Ela disse que o principal objetivo atual é evitar a propagação de infecções, mas sugeriu que não é desejável ter medidas preventivas por muito tempo.

Portanto, ela disse, o governo metropolitano de Tóquio está pedindo cooperação dos operadores dos estabelecimentos em questão e de seus clientes até o final de agosto.

Koike também disse que o horário de fechamento das 22h baseia-se em várias considerações e as conclusões sugerem que as infecções estão se espalhando entre as pessoas que comem e bebem em grupos.


Foto: Reuters



Compartilhe
Comentários

661 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203