Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Pela primeira vez Japão registra infecção por coronavírus em dois cães

Ambos estão sendo cuidados por uma empresa e pertencem a pessoas que foram infectadas pelo coronavírus

Crédito: Redação - 04/08/2020 - Terça, 09:41h
Tóquio - Dois cães de estimação de dois pacientes com Covid-19 testaram positivo para o coronavírus, disse uma companhia de seguros para animais de estimação na segunda-feira (3), marcando os primeiros casos em que a infecção de animais foi relatada no Japão.

Os dois cães não apresentam sintomas e um já teve resultado negativo em teste mais recente, disse a Anicom Holdings Inc, publicou a Kyodo News. 

Embora os casos de COVID-19 tenham sido confirmados entre gatos de estimação em vários países, incluindo Estados Unidos, Bélgica e França, poucas infecções foram relatadas envolvendo cães no exterior, segundo a empresa.

O grupo Anicom lançou um novo serviço em abril, permitindo que pacientes com coronavírus confiem seus animais de estimação aos cuidados de seus funcionários gratuitamente enquanto os proprietários estão no hospital ou em isolamento.

Até agora 42 animais de estimação - 29 cães, 12 gatos e um coelho - estão sendo atendidos pelo programa Stay Anicom.

A empresa disse que os dois cães chegaram no final de julho e passou a cuidar deles isoladamente depois de terem testado positivo. 

Nenhum de seus funcionários que tiveram contato com cães ou outros animais desenvolveu problemas de saúde.

No exterior, muitos animais de estimação que foram infectados apresentaram sintomas leves e acredita-se que eles tenham contraído o vírus no contato com humanos.

Na China, relatos da mídia disseram que alguns proprietários abandonaram seus cães e gatos, pois aparentemente acreditam que os animais podem transmitir o vírus aos seres humanos.

No entanto, um funcionário do Ministério do Meio Ambiente japonês disse que "não há evidências que identifiquem animais de estimação como fonte de infecção" entre os casos COVID-19.

"Os donos de animais precisam ter cuidado para não pegar o vírus e evitar o contato excessivo com eles", acrescentou o funcionário.

A Anicom disse que ainda é prematuro determinar se os dois cães foram realmente infectados pelo coronavírus, já que o vírus de seus proprietários pode ter entrado temporariamente pela boca para desencadear resultados positivos nos testes de PCR. 

Os resultados dos testes de anticorpos serão necessários para fazer um diagnóstico definitivo, de acordo com a empresa.


Foto: iStockphoto 


Compartilhe
Comentários

629 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203