Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Autônomos e empresários podem pedir subsídio para cobrir aluguel

Os pedidos começaram a ser aceitos a partir de hoje no site do governo japonês

Crédito: Redação - 14/07/2020 - Terça, 17:41h

Tóquio – Os autônomos e administradores de pequenas e médias empresas no Japão que passam por dificuldades financeiras devido à pandemia do novo coronavírus podem dar entrada no subsídio para cobrir o aluguel dos imóveis.

 

Os pedidos podem ser feitos diretamente no site (clique aqui) administrado pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão.

 

O valor da ajuda pode chegar ao máximo de ¥ 6 milhões no caso de empresas com capital inferior a ¥ 1 bilhão. Os autônomos e freelancers poderão receber até ¥ 3 milhões.

 

Um aviso no site explica que o processo de avaliação do pedido pode levar cerca de duas semanas, levando em consideração a grande quantidade de solicitações e consultas que deverão ser recebidas.

 

Entre as condições para receber a ajuda, os interessados devem comprovar uma redução no faturamento de 50% em algum mês – entre maio e dezembro deste ano – em comparação ao mesmo período do ano anterior; ou redução de 30% no faturamento por três meses seguidos ou mais.

 

Na hora de fazer o pedido, será necessário ter em mãos alguns documentos, como o Contrato de Aluguel, comprovante dos três últimos pagamentos do aluguel, declaração do Imposto de Renda e relatório de lucros da empresa.

 

Quem tiver dificuldade de fazer os pedidos via online, precisará esperar até a instalação dos cerca de 500 pontos de apoio que começarão a funcionar em todo o país.

 

Em caso de ilegalidade no pedido, o infrator estará sujeito a ter o nome revelado e poderá sofrer ações penais.

 

Subsídio para moradias

Quem teve queda na renda e não tem como pagar o aluguel, pode recorrer ainda ao Subsídio de Garantia de Moradia (Jutaku Kakuho Kyufukin).

 

Cada Prefeitura estabelece suas regras específicas. Em Tóquio, por exemplo, a ajuda está disponível às pessoas com menos de 65 anos de idade, com baixa renda e que estejam procurando emprego na Hello Work.

 

O valor da ajuda vai depender da região onde mora e o cálculo da renda familiar.

 

Muitas prefeituras estão flexibilizando as normas, sem restrição de idade ou exigência de estar procurando emprego, pois muitas pessoas continuam empregadas, mas com os salários reduzidos devido à crise do coronavírus.

 

Foto: Issei Kato/Reuters

Ministro da Economia, Comércio e Indústria, Hiroshi Kajiyama, disse que governo começaria a aceitar pedidos de benefícios a partir de 14 de junho – foto de outubro de 2019

Compartilhe
Comentários

318 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203