Outras Edições

Em destaque Economia

“Motoristas de papel” podem reaquecer mercado de carros durante pandemia no Japão

O alvo das empresas é formado por motoristas que têm licença para dirigir, mas não têm dinheiro para comprar um carro

Crédito: Redação - 22/06/2020 - Segunda, 12:11h
Tóquio - Ryota Kawamata não dirigia há mais de uma década, mas como a crise da COVID-19 no Japão, seu empregador perto da capital alugou um carro para que ele não precisasse usar o transporte público.

O engenheiro de 32 anos, que se considera um "motorista pobre", agora quer comprar seu próprio carro, segundo a Reuters. 

"Há lugares onde eu não posso ficar sem carro", disse Kawamata, que recentemente pagou 30.000 ienes por um curso de reciclagem de cinco horas para aprimorar suas habilidades de condução.

À medida que o Japão ressurge do bloqueio de coronavírus, restaurantes e escritórios estão praticando o distanciamento social, mas o transporte público não exige isso. 

Pessoas como Kawamata, conhecidas como "motoristas de papel" por terem uma licença, mas não possuírem veículos, se tornaram um grupo de potenciais compradores de carros.

Eles poderiam dar à Toyota Motor Corp, Nissan Motor Co Ltd e outros um impulso pequeno, mas muito necessário, em meio a uma queda global na compra de carros.

A demanda de motoristas na mesma situação em outros países, como Estados Unidos, China, onde o distanciamento social se tornou a norma, também pode ajudar a amenizar o golpe do coronavírus para as montadoras.

Não há estatísticas sobre o número de motoristas no Japão, mas cerca de 45 milhões de pessoas têm carteira de motorista de classe ouro, emitida para aqueles que não cometeram infrações de trânsito por pelo menos cinco anos, segundo a Agência Nacional de Polícia do Japão. 

Mas muitos desses motoristas simplesmente não estavam nas estradas.

Akitake Sawamura, que administra uma escola de condução que oferece cursos de atualização para motoristas inexperientes, estima que cerca de dois terços dos titulares de licença ouro são motoristas de papel, que se tornaram mais numerosos ao longo dos anos à medida que mais japoneses usam o transporte público.

Nas últimas três décadas, as vendas de carros no Japão caíram de um pico de 7,8 milhões de veículos em 1990 para 5,2 milhões no ano passado.
"Houve um aumento nas pessoas que frequentavam os cursos desde que a emergência foi declarada em abril", disse Sawamura. 

Em um sinal de que as estradas podem estar mais cheias, a demanda por estacionamento, principalmente no centro de Tóquio, aumentou durante a crise do coronavírus, de acordo com o Akippa, um serviço de smartphone que procura vagas de estacionamento.

A demanda por espaços mais que dobrou em todo o país e aumentou cinco vezes em partes da capital do Japão durante o estado de emergência declarado em abril em comparação com fevereiro, antes da crise do coronavírus, segundo a porta-voz da Akippa, Ayako Ishikawa.

"As pessoas ainda estão indo para o trabalho de carro e se juntam a outras pessoas desde que a emergência terminou", disse Ishikawa.

O governo notou o aumento no número de motoristas, mas diz que não está preocupado com congestionamentos ou outros problemas.

"Atualmente, o número de veículos nas estradas é menor do que antes do início da pandemia de coronavírus. No futuro, provavelmente haverá algum impacto", disse um funcionário do departamento de estradas do Ministério da Terra, Infraestrutura, Transporte e Turismo. 

"Ainda não sabemos qual será esse equilíbrio entre os novos motoristas e os que não viajam por causa do teletrabalho".

Entre as pessoas que retornam à estrada está o colega de trabalho de Kawamata, Keisuke Kai, 25, que também dirige um carro alugado pela empresa.
 
Ele gosta da conveniência, mas diz que está "hesitante" em comprar um carro por causa do custo, incluindo taxas de estacionamento.

Concessionárias dentro e ao redor de Tóquio esperam que os motoristas de papel deem esse passo.

"Ficamos agradecidos por qualquer aumento no número de motoristas na estrada", disse à Reuters um vendedor de uma concessionária Toyota.


Foto: iStockphoto 


Compartilhe
Comentários

318 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203