Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Japão teme pela segunda onda de Covid-19

Na quinta-feira foram confirmados 63 novos casos da doença em todo o país

Crédito: Redação - 29/05/2020 - Sexta, 11:48h

Tóquio – Aumentam os temores de uma segunda onda de coronavírus no Japão. Nessa quinta-feira, em todo o Japão, foram registrados 63 novos casos, incluindo 21 em Kitakyushu (Fukuoka), 15 em Tóquio e em demais províncias. Foram confirmadas também 13 mortes, informou a emissora pública NHK.

 

Pelo terceiro dia consecutivo, Tóquio registrou um número acima de 10 infecções diárias. Entre os novos registros, estão os nove casos de um hospital em Koganei, em Tóquio, em suspeita de infecção por cluster, segundo a agência Kyodo.

 

De acordo com o hospital, um funcionário da ala de psiquiatria testou positivo no dia 21. Outros quatro funcionários e mais cinco pacientes internados na enfermaria tiveram contato com ele e foram mais tarde infectados.

 

Segundo a agência, o governo metropolitano de Tóquio solicitou ao Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar que enviasse uma equipe de resposta de cluster ao hospital.

 

O hospital disse que interrompeu as consultas ambulatoriais e, por enquanto, parou de aceitar novos pacientes.

 

Ontem, o ministério enviou também uma equipe para Kitakyshu (Fukuoka). A cidade registrou um aumento repentino de casos após semanas sem infecções. Nos seis últimos dias, as autoridades confirmaram 43 novas infecções, elevando o total da cidade para 119.

 

As rotas de infecção não foram identificadas na maioria dos casos relatados entre sábado e quarta-feira.

 

O prefeito da cidade, Kenji Kitahashi, alertou para uma segunda onda de infeções e pediu aos moradores para se abstivessem de passeios não essenciais. “Se deixarmos como está, seremos definitivamente atingidos por uma grande segunda onda”, afirmou ele em entrevista coletiva.

 

Algumas instalações públicas que foram reabertas na cidade após a suspensão do estado de emergência foram fechadas novamente até meados de junho. Eventos também foram cancelados ou adiados.

 

O total de infectados no Japão chega a 16.759 com 882 mortos, excluindo os passageiros e a tripulação dos navios de cruzeiro.

 

De acordo com o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, até o dia 28, 136 pessoas estavam em estado grave e 14.147 se recuperaram e tiveram alta hospitalar.


 

PROVÍNCIAS

Tóquio - 5.195 infectados

Osaka - 1.782 infectados

Kanagawa - 1.347 infectados

Hokkaido – 1.078 infectados

Saitama - 999 infectados

Chiba - 900 infectados

Fukuoka - 703 infectados

Hyogo - 699 infectados

Aichi - 510 infectados

Quioto - 358 infectados

Ishikawa - 297 infectados

Toyama - 227 infectados

Ibaraki - 168 infectados

Hiroshima - 167 infectados

Gifu - 150 infectados

Gunma - 149 infectados

Okinawa - 142 infectados

Fukui - 122 infectados

Shiga - 100 infectados

Nara - 92 infectados

Miyagi - 88 infectados

Niigata - 82 infectados

Fukushima - 81 infectados

Ehime - 81 infectados

Nagano - 76 infectados

Shizuoka - 76 infectados

Kochi - 74 infectados

Yamagata - 69 infectados

Tochigi - 65 infectados

Yamanashi - 64 infectados

Wakayama - 63 infectados

Oita - 60 infectados

Kumamoto - 48 infectados

Saga - 47 infectados

Mie - 45 infectados

Yamaguchi - 37 infectados

Kagawa - 28 infectados

Aomori - 27 infectados

Okayama - 25 infectados

Shimane - 24 infectados

Nagasaki - 17 infectados

Miyazaki - 17 infectados

Akita - 16 infectados

Kagoshima - 10 infectados

Tokushima - 5 infectados

Tottori - 3 infectados

 

 

Compartilhe
Comentários

363 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203