Outras Edições

Em destaque Japão

Taxa de desemprego no Japão em abril sobe ligeiramente para 2,6%

Por causa do coronavírus, os empregos efetivos oferecidos em abril diminuíram 8,5% em relação ao mês anterior

Crédito: Reuters - 29/05/2020 - Sexta, 10:32h

Tóquio – A taxa de desemprego do Japão em abril aumentou para 2,6%, ante 2,5% de março, informou o Ministério de Assuntos Internos e Comunicações nessa sexta-feira (29). Esse é o maior nível desde dezembro de 2017.

 

A taxa de disponibilidade de emprego ficou em 1,32, segundo o Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar. Em março, o valor foi de 1,39. A proporção significa que havia 132 vagas para cada 100 candidatos a emprego.

 

Por causa da pandemia do coronavírus, os empregos efetivos oferecidos em abril diminuíram 8,5% em relação ao mês anterior.

 

Exportações

O governo do Japão deu uma avaliação mais sombria das exportações no relatório mensal de maio. Embora tenha deixado inalterada sua avaliação geral de que a economia está em uma “situação extremamente grave”, o governo também reduziu sua visão sobre o mercado de trabalho e o investimento corporativo, mostrou o relatório divulgado na quinta-feira (28).

 

A avaliação ocorre quando a economia dependente de exportação do Japão entrou em recessão pela primeira vez em quatro anos e meio. Nessa semana, o governo suspendeu um estado de emergência em todo o país, na tentativa de reabrir a economia.

 

O governo disse que as exportações estão diminuindo “rapidamente”, mudando sua avaliação anterior de apenas “decrescente”, devido à pandemia as remessas para os Estados Unidos e Europa foram atingidas.

 

Os dados da semana passada mostraram que as exportações do Japão em abril caíram mais do que na crise financeira de 2009, com a queda da demanda global por bens como carros e materiais industriais.

 

Os analistas temem que a economia possa cair mais profundamente na recessão - dois trimestres consecutivos de contração - já que o estado de emergência em abril manteve os cidadãos em casa e os restaurantes e lojas fechados.

 

O gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe aprovou nessa quarta-feira um novo pacote de estímulo de 117,1 trilhões de ienes, em um esforço para amortecer o golpe econômico.

 

O governo manteve sua opinião de que o consumo privado estava diminuindo rapidamente. O consumo foi fraco durante o mês, apesar das boas vendas de produtos eletrônicos domésticos durante o feriado de Golden Week, disse uma autoridade do governo.

 

Ele disse que a fraqueza na situação de emprego “está aumentando” devido ao impacto do coronavírus, tendo dito anteriormente que “movimentos fracos podem ser vistos”.

 

O governo também fez uma avaliação mais sombria do investimento das empresas, dizendo que era “de um tom fraco recentemente”, tendo descrito anteriormente como “amplamente plano”.

 

Foto: Issei Kato/Reuters

Taxa de desemprego no Japão aumentou 0,1 ponto em relação a março

Compartilhe
Comentários

363 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203