Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Escritora escancara os primeiros dias de Wuhan na pandemia e é atacada na China

O diário online de Fang Fang se tornou livro em inglês e revelou ao mundo o que ocorreu no epicentro da pandemia

Crédito: Redação - 23/05/2020 - Sábado, 10:44h
Wuhan – Nacionalistas chineses estão furiosos com a escritora compatriota Fang Fang, de 64 anos, que relatou tudo o que ocorreu em Wuhan, epicentro da pandemia da Covid-19, em um diário digital, que depois foi traduzido para o inglês e se tornou um livro. 

Segundo relatou a BBC, Fang detalhou a rigidez dos primeiros dias de confinamento e houve setores da sociedade que a chamaram de “traidora”, na crença de que a revelação de tais fatos aumentam as críticas ao país, quando os Estados Unidos insistem em culpar a China pela origem da pandemia. 

Fang, que já recebeu um prêmio literário na China em 2010, disse que tais acusações são “infantis”. 

Ela esclareceu o seguinte: "Não há tensão entre o país e eu", disse em entrevista publicada na revista chinesa Caixin, na qual critica os ataques que sofreu nos últimos meses.

Fang documentou o que parecia, no início, uma crise local em Wuhan, cita a BBC. 

A cidade confinou sua população e a autora contou os problemas que todos tiveram que enfrentar no cotidiano e o impacto psicológico do isolamento forçado. 

A escritora também mencionou o caso do médico Li Wenliang, que foi repreendido pela polícia por comentar sobre o que era até então uma “doença desconhecida”. 

"Ele morreu devido à Covid-19, buscando apontar responsabilidades pelo que aconteceu", escreveu ela. 

Com boa parte da população confinada, os textos de Fang foram lidos com mais frequência. Até que seu tradutor, Michael Berry, sugeriu publicar uma versão em inglês, no que ela acabou concordando depois. 

Segundo a BBC, a editora HarperCollins, que publicou o diário em forma de livro, intitulado “Wuhan Diary” (Diário de Wuhan), diz que Fang "deu voz aos medos, frustrações, raiva e esperanças de milhões dos compatriotas", além de se manifestar contra a injustiça social, abuso de poder e situações que dificultam uma resposta adequada à epidemia. 

Como a China se tornou o centro das atenções, o país passou a ser cobrado por suas ações no combate ao vírus, como tem feito frequentemente o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. 

Porém, quando uma edição em inglês de seu diário foi publicada fora da China, muitas pessoas a criticaram, achando que as informações serviriam como munição contra o país, segundo publicou o site What’s on Weibo. 

Muitos a criticaram, achando que ela buscava lucro em um momento de crise nacional.  

O jornal oficial Global Times publicou sua versão dos fatos: "Sua ascensão global alimentada pela mídia estrangeira levantou temores na China de que a escritora poderia simplesmente se tornar outra ferramenta útil para o Ocidente  e sabotar os esforços do povo chinês".

O jornal relatou que Fang mostrou o lado sombrio de Wuhan, “ignorando os esforços dos cidadãos locais e o amplo apoio em todo o país”.

A escritora, porém, não se abateu e perguntou: "Se as pessoas com segundas intenções no exterior quiserem usar o livro (compilação do diário publicado por ela) dessa maneira deliberadamente, o farão de qualquer maneira. Devemos deixar de publicá-lo simplesmente porque alguém quer usá-lo de maneira inadequada?".

A autora ainda assim não deixou de sentir o quanto suas palavras estavam sendo deturpadas: "Quando um registro tão moderado não pode ser tolerado e desperta o ódio de tanta gente, isso faz com que inúmeras pessoas fiquem em um estado de medo."

No exterior, o livro de Fang está recebendo elogios, como do jornal The New York Times, que considerou o diário da autora marcado por uma “honestidade crua".

O livro publicado no site da Amazon, porém, também recebeu críticas por parte de pessoas que consideraram aquelas informações como “totalmente falsas”.


Foto: Reuters
Cena em Wuhan 

Compartilhe
Comentários

328 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203