Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Koike revela plano de retomada da economia e de como impedir segunda onda do vírus em Tóquio

O plano apresentado pela governadora foi apresentado nesta sexta-feira

Crédito: Redação - 22/05/2020 - Sexta, 17:54h
Tóquio – A governadora Yuriko Koike anunciou um plano para reiniciar simultaneamente a economia da cidade e impedir uma segunda onda de infecções por coronavírus nesta sexta-feira (22). 

O governo metropolitano de Tóquio decidirá como e quando suspender de forma gradual as medidas de distanciamento social e solicitações voluntárias de fechamento de negócios com base em sete critérios medidos em duas semanas, publicou o The Japan Times. 

"Este é o rascunho final", disse Koike durante uma reunião da força-tarefa de coronavírus do governo metropolitano na sexta-feira. 

"Precisamos agir com cautela, mas a cada dia que a cidade atende a esses critérios é mais um passo para recuperar as vidas que tínhamos antes."

A governadora disse que a capital vai monitorar casos novos e não rastreáveis e verificar se eles aumentam ou diminuem em comparação com a semana anterior. 

Outros fatores a serem monitorados incluem o número de pacientes hospitalizados, incluindo aqueles com sintomas graves, a taxa de infecção entre os que foram submetidos ao teste de reação em cadeia da polimerase e a quantidade de chamadas e consultas recebidas pelas linhas diretas de coronavírus.

Se as infecções surgirem novamente, os residentes serão avisados usando um novo sistema chamado "Alerta de Tóquio". 

Se as infecções diárias excederem 50, significa que mais da metade não é rastreável ou os casos dobraram desde a semana anterior, então será considerada a retomada das medidas de emergência.

Tóquio está no final da primeira onda do novo coronavírus, diz o plano. 

As infecções podem variar à medida que a cidade emerge do estado de emergência, mas um "novo estilo de vida" será necessário para evitar uma segunda onda, diz o documento.

Para prevenir e se preparar para a segunda onda, a cidade tem como objetivo aumentar sua capacidade de teste de PCR para 3.100 por dia, mais do que duplicando número de locais para isso, e garantir 3.300 mais leitos hospitalares para pacientes graves e 2.865 para que pacientes leves sejam isolados em residências temporárias.

Medidas restritivas serão retiradas em etapas assim que a emergência for suspensa. 

Museus, bibliotecas e outras instituições culturais serão instados a reabrir se mantiverem certas precauções, e os estabelecimentos de alimentos deverão fechar às 22h, em vez das 20h.

Eventos públicos serão considerados aceitáveis se limitados a 50 pessoas.

Se tudo correr bem, o segundo estágio terá instalações sem histórico de infecções por aglomeração instadas a reabrir e os eventos serão limitados a 100 pessoas.

Na terceira etapa, todas as instalações sem histórico de aglomeração serão reabertas, os estabelecimentos de alimentos serão incentivados a operar até meia-noite e os eventos públicos serão limitados a 1.000 pessoas.

Embora Koike não tenha autoridade para declarar um estado de emergência, ela pode pedir aos residentes que se isolem voluntariamente e que as empresas fechem temporariamente. 

Esses pedidos podem ser suspensos na próxima semana, se o estado de emergência for encerrado para as províncias restantes, mas Koike disse que retomará as medidas se necessário.

O estado de emergência foi declarado inicialmente para oito províncias pelo primeiro-ministro Shinzo Abe em 7 de abril. Nove dias depois foi ampliado para o resto do país.

A declaração estava originalmente programada para expirar em 7 de maio, mas foi estendida até o final do mês.

A medida foi suspensa para 39 das 47 províncias e em mais três em Kansai na quinta-feira. 

Espera-se que Abe levante a ordem nas cinco restantes - Tóquio, Kanagawa, Chiba, Saitama e Hokkaido - depois que um painel se reunir na segunda-feira (25).


Foto: Reuters

Compartilhe
Comentários

188 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203