Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Supostos infectados cospem e tossem em policiais e agentes de emergência no Reino Unido

Estes ataques estão se transformando em processos judiciais, cujo total já passa de 300

Crédito: Reuters - 22/05/2020 - Sexta, 16:48h
Londres - Mais de 300 processos foram instaurados por ataques a policiais e outros trabalhadores de emergência durante o primeiro mês de confinamento no Reino Unido para conter a pandemia de Covid-19, informou o Serviço de Procuradoria da Coroa nesta quinta-feira (21).

Dentre os ataques, 313 frequentemente envolveram policiais e equipes de emergência sendo alvo de tosse ou cuspe por pessoas que alegavam estar contaminadas, enquanto outros 62 casos envolveram agressões a trabalhadores de lojas, informou o CPS.

"É uma vergonha que trabalhadores essenciais, que trabalham duro, continuem sendo abusados durante uma emergência de saúde, e eu avisei repetidamente que qualquer pessoa que o faça enfrentaria graves queixas criminais", disse Max Hill, diretor de processos públicos.

Hill alertou que qualquer pessoa que se disser contaminada pelo vírus e tossir ou cuspir nos trabalhadores de emergência enfrentará acusações de agressão e, possivelmente, dois anos de prisão.

No domingo, a polícia informou ter interrogado um suspeito pela morte de um trabalhador ferroviário que morreu de Covid-19 depois de ter sido alvo de cuspe por um homem que disse ter o vírus.

O Reino Unido anunciou a quarentena em 23 de março e os números da Procuradoria da Coroa remetem a processos até o final de abril.


Foto: Reuters


Compartilhe
Comentários

188 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203