Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Carros com placa de outras cidades ou províncias são alvo de ataques no Japão

Iniciativas governamentais de contornar a situação receberam críticas e alimentaram a discriminação entre as pessoas

Crédito: Redação - 10/05/2020 - Domingo, 17:19h
Osaka - Em meio a pedidos para que as pessoas fiquem em casa para impedir a propagação do novo coronavírus no Japão, têm sido registrados casos de veículos com placa de outras províncias sendo atingidos por pedras ou sendo seguidos de perto por outros veículos. 

Algumas autoridades locais tentaram pôr um fim a esses incidentes, oferecendo panfletos que os moradores podem imprimir e exibir em seus carros para provar que moram localmente, mas a iniciativa foi criticada e só fez aumentar a discriminação de pessoas de fora da cidade, conforme noticiou a Kyodo. 

Com os casos Covid-19 chegando a 16.000 em todo o país, incluindo os cerca de 700 do navio Diamond Princess que foi colocado em quarentena perto de Tóquio em fevereiro, muitos que vivem em áreas com poucas infecções confirmadas têm receio de que visitantes de cidades como Tóquio e Osaka, por exemplo, possam trazer o vírus a suas comunidades.

Em 21 de abril, o governador de Tokushima, Kamon Iizumi,  ordenou um levantamento de carros com placas de outras províncias, citando "o perigo de viajar" entre a província do oeste do Japão e áreas onde há um alto risco de infecção.

Tokushima teve apenas cinco casos de coronavírus.

Mas o governador disse em uma entrevista coletiva em 24 de abril que a mensagem dirigida àqueles de fora pode ter sido "muito forte", pois alimentou um mau comportamento em relação a eles.

Em 27 de abril, em uma ação para proteger as chegadas recentes e impedir que seus veículos fossem atingidos por pedras, a cidade de Miyoshi, em Tokushima, postou em seu site um panfleto com os dizeres "Eu sou residente de Tokushima" e convidou os moradores pelas mídias sociais para imprimi-lo e exibi-lo nos painéis de seus carros.

Os usuários do Twitter foram rápidos em criticar a iniciativa, no entanto, dizendo que a cidade está "promovendo a discriminação" e que o município "deve declarar claramente que assédio (a não residentes) é um crime e esse comportamento pode ser denunciado" à polícia.

Depois de apenas um dia, a cidade removeu a imagem do site e da conta do Twitter e passou a entregar o panfleto diretamente aos visitantes da província, dizendo que o fazia por temer que pessoas de fora da cidade pudessem abusar da iniciativa baixando o panfleto de outra parte do país e fingindo ser residente.

"Não temos nenhuma intenção de discriminar (contra aqueles com placas fora de fora). Houve alguns incidentes na cidade e criamos a imagem na esperança de que as pessoas ajam racionalmente", disse uma autoridade da cidade de Miyoshi.

A cidade de Kushimoto, na província de Wakayama, oeste do Japão, começou a distribuir em 1º de maio folhas de imã com as palavras "moro em Kushimoto", as quais foram usadas abundantemente. 

A cidade explicou que recebeu ligações de moradores que disseram estar "preocupados com o que as outras pessoas poderiam pensar sobre eles", uma vez que as placas dos carros não os identificaram como sendo de Wakayama.

Um funcionário responsável sustentou que a iniciativa não representa uma forma de discriminação.

Após a mudança de Kushimoto, a província de Wakayama começou a distribuir documentos na quinta-feira para confirmar a residência de pessoas cujas placas de automóveis são de outro município. Até agora, Wakayama registrou 62 residentes infectados pelo coronavírus.

"É como se essas administrações estivessem dizendo que não poderiam ajudar se pessoas de fora da província estiverem sendo discriminadas", disse Shun Ishihara, professor de sociologia da Universidade Meiji Gakuin.

"(A distribuição da prova de residência) é uma discriminação disfarçada como política anti-discriminação. As autoridades devem se envolver em uma auto-reflexão séria", afirmou.


Foto: Reprodução/NHK
Adesivos onde se lê: "Resido em Kushimoto"

Compartilhe
Comentários

188 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203