Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Japão desmente boatos sobre declaração de emergência em 1º de abril

Rumores surgiram após Abe marcar reunião por telefone com o chefe da OMS

Crédito: Reuters - 30/03/2020 - Segunda, 17:49h

Tóquio - O principal porta-voz do governo do Japão desmentiu nesta segunda-feira (30) boatos nas redes sociais de que o primeiro-ministro Shinzo Abe planeja declarar estado de emergência a partir de 1º de abril para retardar a propagação da pandemia de coronavírus.

O secretário-chefe do gabinete, Yoshihide Suga, também disse em entrevista coletiva que uma reunião por telefone programada entre Abe e Tedros Adhanom Ghebreyesus, chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS), não tem nada a ver com a decisão de declarar estado de emergência no Japão.

Na semana passada, o Japão instalou uma nova força-tarefa de medidas contra o coronavírus, em meio a preparativos para uma eventual declaração de emergência no país.

De acordo com uma lei revisada este mês, Abe pode declarar estado de emergência se a doença representar um "grave perigo" para a vida da população e se sua rápida disseminação ameaçar a economia.

Mas o governo não está considerando declarar estado de emergência no momento, disse o ministro da Economia, Yasutoshi Nishimura.

Se um estado de emergência for declarado, os governadores das províncias mais atingidas poderão tomar medidas como pedir às pessoas que fiquem em casa, fechar escolas e outros estabelecimentos públicos e cancelar grandes eventos.

Foto: Reuters
Secretário-chefe do gabinete, Yoshihide Suga
Compartilhe
Comentários

188 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203