Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Japão pretende deixar rodovias gratuitas após fim do surto de coronavírus

A intenção do governo é incentivar o turismo no interior do país

Crédito: Masamichi Maeda/Alternativa - 26/03/2020 - Quinta, 09:04h

Tóquio - O governo japonês está entrando em acordo com as operadoras de rodovias expressas para suspender temporariamente a cobrança de pedágio depois que o surto de coronavírus terminar no país, informou o jornal Sankei na quarta-feira (25).

A intenção do governo é incentivar o turismo no interior do país, que está sofrendo com a queda no número de visitantes estrangeiros e japoneses e deverá ser impactado também pelo adiamento da Olimpíada de Tóquio para 2021.

Para deixar as rodovias gratuitas, o governo pretende oferecer suporte às companhias que administram as estradas, dando subsídios e outros benefícios por um período que ainda será definido, segundo o Sankei.

O número de visitantes estrangeiros caiu mais de 60% em fevereiro por causa das restrições de viagens impostas por vários países afetados pela pandemia de coronavírus. A queda de turistas chineses chegou a quase 90%, informou o jornal.

O Japão já tomou medidas parecidas em 2009, durante a crise econômica mundial, para incentivar o turismo. Nessa época, o motorista podia viajar pelas rodovias pagando um pedágio único de ¥1.000.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

245 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203