Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Além de eletrônicos, Sharp vai produzir 150 mil máscaras por dia no Japão

País enfrenta escassez do produto enquanto aumentam os casos de coronavírus

Crédito: Reuters - 29/02/2020 - Sábado, 12:47h

Tóquio - A Sharp vai começar a produzir máscaras no Japão em março, tornando-se a primeira fabricante de eletrônicos a atravessar as fronteiras do setor após uma campanha do governo para atender à alta demanda pelo produto devido ao coronavírus, informou o jornal Nikkei na sexta-feira (28).

A Sharp, que fabrica sensores, módulos de câmera e telas para os iPhones da Apple, deve começar a produzir máscaras em meados de março, com uma capacidade diária de 150 mil unidades, informou o Nikkei, sem citar fontes.

A Sharp, uma unidade da Foxconn de Taiwan, espera que suas máscaras cheguem às prateleiras até o final de março.

O Japão enfrenta agora escassez de máscaras, à medida que as infecções por coronavírus aumentam no país, sem contar que muitas pessoas também tentam se proteger da influenza a dos polens que causam alergia.

O primeiro-ministro Shinzo Abe pediu às empresas japonesas que aumentem a produção de máscaras, enquanto usa uma reserva de orçamento para combater o coronavírus.

O governo pretende aumentar a capacidade de produção para 600 milhões de máscaras por mês.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

204 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203