Outras Edições

Em destaque Coronavírus

Hong Kong diz ter encontrado coronavírus em cão de estimação

Ainda não há evidências de que o vírus pode ser transmitido para animais domésticos

Crédito: Reuters - 29/02/2020 - Sábado, 11:23h

Hong Kong - Autoridades de Hong Kong disseram na sexta-feira que colocaram em quarentena um cão de estimação de um paciente com coronavírus depois que amostras da boca e do nariz do animal apontaram “um fraco positivo” para o vírus, apesar de terem acrescentado que ainda não têm evidências de que ele pode ser transmitido para animais de estimação.

O cão não apresentou nenhum sintoma.

O Departamento de Agricultura, Pesca e Conservação (AFCD) informou que realizará mais testes para confirmar se o cão foi infectado pelo vírus ou se as amostras são resultado de contaminação ambiental.

“Atualmente, o AFCD não tem evidências de que animais de estimação possam ser infectados... ou podem ser uma fonte de infecção para as pessoas”, afirmou em comunicado.

O cão ficará em quarentena por duas semanas.

O site da Organização Mundial da Saúde diz que até agora não há evidências de que animais de estimação possam ser infectados com o coronavírus.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

204 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203