Outras Edições

Em destaque Coronavírus

OMS não vê motivo para cancelar ou transferir Olimpíada de Tóquio, diz COI

O Japão disse que intensificará as medidas para conter o surto de coronavírus

Crédito: Reuters - 15/02/2020 - Sábado, 10:48h

Tóquio - A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse ao Comitê Olímpico Internacional (COI) que não há motivo para cancelar ou transferir a Olimpíada de Tóquio de 2020 por causa do surto de coronavírus, disse o chefe da Comissão de Coordenação do COI na sexta-feira.

O evento de 17 dias deve começar em 24 de julho. Também na sexta-feira, o Japão disse por sua vez que intensificará os exames e medidas de contenção depois de relatar sua primeira morte de coronavírus e confirmar novos casos, entre eles em um médico e em um taxista.

John Coates disse que o conselho que o COI recebeu “externamente” da OMS é que “não existe motivo para quaisquer planos de contingência de cancelar os Jogos ou transferir os Jogos”.

O surto em andamento, cujo epicentro é a cidade chinesa de Wuhan, provocou o cancelamento de alguns eventos esportivos internacionais, além de eliminatórias de boxe e badminton da Tóquio 2020 que deveriam acontecer na China.

Coates disse que a coordenação entre a força-tarefa anti-vírus do comitê organizador do Japão e outras autoridades nacionais reforçou a crença do COI de que a situação está sendo tratada adequadamente.

Isso criou a expectativa de que “conseguiremos fazer com que os Jogos aconteçam de uma maneira segura para os atletas e os espectadores”, disse Coates em uma coletiva de imprensa com o presidente da Olimpíada de Tóquio de 2020, Yoshiro Mori.

Mori confirmou as garantias de Coates.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

204 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203