Outras Edições

Em destaque Japão

Japão vai gastar ¥15 bilhões em medidas contra coronavírus, diz Abe

A província de Hubei, na China, registrou mais 116 mortes

Crédito: Reuters - 14/02/2020 - Sexta, 09:53h

Tóquio - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, disse na quinta-feira que seu governo pretende gastar ¥10,3 bilhões da reserva orçamentária para combater o coronavírus.

As medidas totalizarão ¥15,3 bilhões, acrescentou ele após uma reunião de uma força-tarefa sobre o vírus.

Com a falta de máscaras em todo o país, Abe disse que o governo pretende garantir mais de 600 milhões de unidades por mês, incentivando as empresas a aumentar a produção.

O Japão registrou 252 casos de coronavírus, incluindo 218 em um navio de cruzeiro sob quarentena em Yokohama (Kanagawa).

A província de Hubei, na região central da China, registrou mais 116 mortes pelo novo coronavírus, informou a comissão de saúde da província em seu site nesta sexta-feira, elevando para 1.380 o número de óbitos em território chinês.

Outros 4.823 casos foram detectados em Hubei, o epicentro do surto, elevando o total no país para quase 64 mil.

Os casos de coronavírus não estão aumentando dramaticamente fora da China, exceto entre os passageiros do navio de cruzeiro no Japão, disse uma autoridade graduada da Organização Mundial da Saúde (OMS) na quinta-feira.

Mike Ryan, chefe do programa de emergências de saúde da OMS, disse que o pico de cerca de 14 mil casos relatados em um dia pela China reflete uma mudança de abordagem para se listar pacientes da província de Hubei, cujas infecções foram confirmadas com radiografias de tórax, e não só com resultados de laboratório.

"É crucial entendermos que a maioria destes casos diz respeito a um período de dias e semanas atrás e que são relatados como casos retrospectivamente, às vezes do início do próprio surto", disse ele em uma coletiva de imprensa na sede da OMS.

"Tirando os casos do navio de cruzeiro Diamond Princess, não estamos vendo aumentos dramáticos de transmissão fora da China."

Ryan disse que o restante de uma missão liderada pela OMS deve começar a chegar à China ao longo do próximo final de semana, unindo-se a uma equipe avançada já em Pequim para ajudar a investigar o surto.

"Em termos da missão internacional, agora a equipe avançada e suas contrapartes chinesas finalizaram a abrangência do trabalho e o projeto da missão", disse.

Foto: Reuters
Primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe
Compartilhe
Comentários

233 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F