Outras Edições

Em destaque Tecnologia

Japão desenvolve bateria que pode ser recarregada 5.500 vezes sem perder eficiência

A intenção é de colocar a bateria no mercado em cerca de três anos

Crédito: Redação - 13/01/2020 - Segunda, 12:08h

Quioto - A Universidade Doshisha, com sede em Quioto, vai se juntar a 20 empresas japonesas para desenvolver uma bateria recarregável de grande capacidade e baixo custo usando zinco e níquel, informou o jornal Mainichi nesta segunda-feira (13).

As empresas usarão a tecnologia desenvolvida pelo professor de eletroquímica Masatsugu Morimitsu e outros pesquisadores da Universidade Doshisha com a intenção de colocar a bateria no mercado em cerca de três anos.

"Uma bateria de zinco-níquel usa uma solução aquosa alcalina como eletrólito e não há risco de explodir. Essa célula poderia expandir a capacidade das baterias convencionais em duas vezes ou mais", disse Morimitsu, acrescentando que ela poderia ser empregada de forma ampla em dispositivos e até carros elétricos.

Durante alguns testes, a capacidade e a eficiência da bateria não diminuíram mesmo após ser carregada e descarregada 5.500 vezes. A equipe já solicitou uma patente para esta tecnologia.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

247 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F