Outras Edições

Em destaque Brasil

Governo japonês apresenta no Brasil sistema de alerta de desastres

Alarme é disparado nas televisões usando sinal de TV digital

Crédito: Agência Brasil - 07/12/2019 - Sábado, 08:59h

Brasília - O governo japonês apresentou, na tarde de sexta-feira (6), um sistema de alerta para a população em casos de desastres. A apresentação foi feita pelo diretor de sistemas de engenharia da emissora estatal NHK, Yasuji Sakaguchi, no auditório da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). O sistema apresentado emite um alarme, que é disparado nas televisões, alertando as pessoas sobre algum desastre iminente ou já em curso.

“Este sistema trabalha com sistema de radiodifusão, que tem uma cobertura ampla e confiável. Então você pode mandar mensagens de emergência de maneira muito simples e eficiente. Mesmo no momento do desastre a informação pode ser entregue para as pessoas de forma segura e confiável”, disse Sakaguchi.

De acordo com Sakaguchi, o sistema utiliza o sinal de TV digital e pode ser instalado também em locais de grande concentração de pessoas, como no metrô ou em shoppings. O Japão, que sofre constantemente com terremotos de diferentes escalas, usa o sistema há muito tempo. Agora, utiliza também um sistema mais avançado, de alerta por rede de telefonia celular.

“O sistema de radiodifusão não é mais tão popular no Japão, mas muitos países da América Latina usam o padrão japonês por televisão digital”, disse o diretor da estatal japonesa. Segundo ele, 14 países da América Latina poderiam usar o sistema de alerta em massa.

Sakaguchi fez a demonstração para o presidente da EBC, Luiz Carlos Pereira Gomes, e para diretores da empresa. Na próxima semana, a expectativa é mostrar o sistema para representantes do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. A ideia do governo japonês é oferecer o sistema para o Brasil.

O sistema pode ser usado em desastres como incêndios e alagamentos, mas também é eficiente para tragédias maiores, como acidentes em usinas nucleares e rompimento de barragens. “Nesses casos, como rompimento de barragem, como ocorreu em Brumadinho e Mariana, onde as pessoas precisam ser alarmadas, é possível usar a TV digital para disparar esse tipo de alarme”, disse Heitor de Castro, da Diretoria de Operações, Engenharia e Tecnologia da EBC.

Foto: Agência Brasil
Diretor de sistemas de engenharia da emissora estatal NHK, Yasuji Sakaguchi
Compartilhe
Comentários

317 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.980 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0071
Tokyo-to Shibuya-ku Honmachi 1-20-2-203