Outras Edições

Em destaque Japão

Japão reduz emissão de gases para menor nível desde 1990

A redução é resultado de menor geração de energia termoelétrica

Crédito: Agência Brasil, com NHK - 02/12/2019 - Segunda, 11:05h

Tóquio - As emissões de gases causadores do efeito estufa no ano fiscal de 2018, que terminou em março deste ano, caíram para o menor nível desde que essas informações começaram a ser registradas em 1990, informou o Ministério do Meio Ambiente do Japão.

Cifras preliminares do ministério mostram que o Japão emitiu 1.244.000 de toneladas de dióxido de carbono entre abril de 2018 e março de 2019. O volume representa uma queda de 3,6% em relação ao ano anterior. Esta foi também a quinta queda anual consecutiva.

O ministério atribui o declínio à promoção de esforços para a economia de energia e à redução da geração de energia termoelétrica. O órgão ainda apontou aumento na geração de energia de fontes renováveis e o reinício das operações em algumas usinas nucleares.

Até 2030 o governo pretende reduzir em 26% as emissões dos gases causadores do efeito estufa, em relação aos níveis registrados em 2013. Em 2018, o país conseguiu alcançar uma redução de 11,8%.

Foto: iStockphoto
Compartilhe
Comentários

235 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F