Outras Edições

Em destaque Esportes

Tênis de mesa: Brasil fica entre os 8 primeiros colocados no Japão

Equipe masculina teve boa atuação, mas não resistiu ao duro desafio contra os sul-coreanos

Crédito: Redação, com Leine Agata/Alternativa - 08/11/2019 - Sexta, 18:19h

Tóquio - Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil terminou a Copa do Mundo de Equipes de Tênis de Mesa entre os oito primeiros colocados. Nesta sexta-feira (8), no Ginásio Metropolitano de Tóquio, a equipe comandada pelo técnico Francisco Arado foi superada pela Coreia do Sul, nas quartas de final do torneio masculino, por 3 a 1.

Sexta melhor equipe do mundo no ranking mundial, a Seleção Brasileira foi a última a ser eliminada nesta fase. Com isso, quatro times asiáticos decidirão o título: China, Japão, Taiwan e Coreia do Sul.

No jogo de duplas, um desafio grande para Eric Jouti e Gustavo Tsuboi: nada menos do que a dupla número 1 do mundo da atualidade, Jeoung Youngsik e Lee Sangsu. E eles não estavam para brincadeira: tiraram os brasileiros da zona de conforto desde o início. Errando muito, Jouti e Tsuboi viram os sul-coreanos abrirem 11 a 2 no primeiro set e marcarem 5 a 0 logo no início da segunda parcial, quando finalmente começaram a entrar no jogo.

No terceiro set, Jouti e Tsuboi melhoraram a recepção e os contra-ataques, conseguindo uma boa vitória. O jogo continuou bom para os brasileiros, que mantiveram o confronto equilibrado até quase o final do quarto set, com triunfo de Youngsik e Sangsu, que fecharam em 3 a 1 (2/11, 4/11, 11/6 e 8/11).

"Criamos uma boa dinâmica mostrando que conseguimos competir contra os melhores do mundo. Hoje enfrentamos a Coreia, uma equipe tradicional. Perder é ruim, mas acho que fizemos o nosso melhor e a lição que fica é que podemos competir no nível internacional", disse o técnico.

Vitor Ishiy foi para a mesa, com mais uma dura missão. O adversário era Jang Woojin, número 14 do ranking mundial. Fez um bom primeiro set, mas ainda insuficiente para incomodar. Começou a se destacar no segundo set, jogando de forma agressiva e quebrando a maioria dos serviços do sul-coreano, até pouco mais da metade da parcial, quando não manteve a mesma intensidade e permitiu a virada. No terceiro, Ishiy caiu muito de produção e Woojin fechou em 3 a 0 (6/11, 8/11 e 4/11).

Lee Sangsu, 18º do ranking, foi o adversário de Eric Jouti no terceiro confronto do dia. Um duelo que iniciou muito equilibrado no primeiro set, com o brasileiro sendo perfeito nos momentos finais da parcial, fechando em 11 a 7. O segundo set foi praticamente idêntico: equilibrado desde o início, com Jouti aproveitando todos os erros do adversário e sendo preciso nos momentos decisivos, após 8 a 8 no placar.

Mas ainda faltava um set para confirmar a vitória. O brasileiro não manteve o mesmo desempenho diante de um adversário que passou a dificultar muito nos serviços e contra-atacar de forma mais agressiva. O sul-coreano chegou a estar vencendo por 8 a 0 e fechou a terceira parcial com facilidade.

Jouti “voltou” para o jogo no quarto set. E, assim como acontecera nas duas primeiras parciais, o equilíbrio foi grande até quase o final. Mais uma vez, o brasileiro teve muita frieza nos momentos decisivos e garantiu a vitória na partida, por 3 a 1 (11/7, 11/8, 4/11 e 11/8).

No quarto jogo, Gustavo Tsuboi enfrentou Jang Woojin, precisando vencer para levar a decisão para o quinto confronto. Começou bem, confirmando os dois primeiros serviços, mas permitiu a virada para 6 a 2. Era tarde para uma reação, e o sul-coreano administrou bem a primeira parcial. No segundo set, Woojin foi absoluto. Tsuboi reagiu no terceiro set, mas o oponente foi melhor nos momentos finais e fechou o confronto em 3 a 0 (6/11, 1/11 e 7/11).

"Foi um bom torneio pra mim. Felizmente saí com uma bela vitória contra Lee Sangsu. Neste torneio consegui me adaptar bem e também pude impor meu ritmo tanto no individual quanto na dupla. Isso foi muito bom, pois criamos várias oportunidades de estratégias e tática", finalizou Eric Jouti.

Feminino
A seleção feminina se despediu do torneio na quinta-feira. A equipe comandada por Hugo Hoyama caiu para a forte seleção sul-coreana, por 3 a 0, ficando em terceiro no grupo D.

Nas partidas contra a Coreia do Sul, Caroline Kumahara e Jessica Yamada perderam para Shin Yubin e Jeon Jihee, por 3 a 0 (5/11, 6/11 e 8/11). Nos jogos individuais, duas vitórias sul-coreanas por 3 a 1: Choi Hyojoo contra Bruna Takahashi (8/11, 6/11, 13/11 e 9/11), e, Jeon Jihee sobre Caroline Kumahara (11/3, 4/11, 3/11 e 6/11).

Foto: Leine Agata/Alternativa
Eric Jouti (uniforme azul) e Lee Sangsu
Compartilhe
Comentários

344 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F