Outras Edições

Em destaque Economia

Inflação no Japão atinge mínima de 2 anos e meio em setembro

O núcleo de preços ao consumidor subiu 0,3% no mês passado

Crédito: Reuters - 20/10/2019 - Domingo, 10:31h

Tóquio - O núcleo da inflação ao consumidor no Japão desacelerou para mínimas em quase dois anos e meio em setembro, pressionado pela queda nos preços da energia e elevando as chances de o banco central ampliar seu já forte estímulo monetário neste mês.

Os dados estarão entre os indicadores que o banco central japonês irá avaliar em sua reunião de política monetária de 30 e 31 de outubro. A meta do Banco do Japão é de uma inflação de 2%.

O núcleo de preços ao consumidor nacional, que inclui produtos de petróleo mas exclui preços de alimentos frescos, subiu 0,3% em setembro sobre o ano anterior, mostraram dados do governo, igualando a expectativa e desacelerando ante avanço de 0,5% em agosto.

Foi o resultado mais fraco desde abril de 2017, quando o índice subiu 0,3%.

Destacando a frágil demanda doméstica, o índice que elimina os efeitos dos custos de energia e alimentos frescos, considerado pelo Banco do Japão como importante medida de inflação, subiu 0,5% no ano até setembro, de 0,6% no mês anterior.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários

344 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F