Outras Edições

Em destaque Japão

Mulher é presa por guardar corpo da mãe morta dentro de carro em Ota (Gunma)

Yukimi Tomiuka (58), disse que escondeu o corpo porque não queria deixar de ver a mãe

Crédito: Redação - 21/08/2019 - Quarta, 16:47h
Ota – Uma japonesa de 58 anos foi presa em Ota (Gunma) por ter deixado o corpo da mãe morta guardado no banco de trás do carro, informou uma reportagem da emissora TBS.

O corpo estava em um kei-car (veículo de placa amarela) há dias. Após a prisão, Yukimi Tomiuka confessou a acusação e contou aos policiais que deixou o corpo da mãe dentro do carro, porque não queria deixar de vê-la, mesmo morta.

A prisão foi efetuada na terça-feira (20) e a polícia informou que a mulher não tinha um emprego e nem endereço definido. 

De acordo com a reportagem, ela estava vivendo dentro do carro com o filho de 27 anos e a mãe, que tinha 92 anos de idade, mas detalhes do cotidiano da família não foram revelados.

A polícia ainda investiga as condições que levaram a morte da idosa e o período em que o corpo ficou dentro do carro.

Foto: Reprodução/TBS
Sede da polícia de Ota (Gunma)
Compartilhe
Comentários

554 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F