Outras Edições

Em destaque Japão

Empresário de Tóquio vende xampu sem autorização, é indiciado e comete suicídio

Presidente da empresa Pure Heart Kings, de 30 anos, tirou a própria vida em março deste ano

Crédito: Redação - 19/06/2019 - Quarta, 16:39h
Tóquio – A Polícia Metropolitana de Tóquio está investigando um caso de venda ilegal de xampu, que pode ter acarretado no suicídio de um empresário de 30 anos.

A polícia indiciou o dono da fabricante Pure Heart Kings, localizada em Shibuya (Tóquio) e mais quatro executivos por vender xampu sem autorização do governo da província.

O caso teria ocorrido em fevereiro do ano passado. O xampu teria sido produzido em uma fábrica em Ichihara (Chiba) e posto à venda por ¥1.500 a unidade em salões de beleza da cidade de Kawasaki (Kanagawa), sem receber a autorização necessária para comercialização.

A empresa teria arrecadado ¥1,28 milhão com a venda de 915 unidades e obtido um lucro de cerca de ¥100 milhões no ano passado.

Por causa da venda ilegal, a polícia coletou o depoimento dos executivos e encaminhou para indiciamento. No entanto, o presidente da empresa, que havia confirmado as acusações para a polícia, cometeu suicídio em março deste ano.

Segundo reportagem da emissora Asahi, a polícia de Tóquio está investigando o caso de comercialização ilegal e as motivações que levaram ao suicídio do empresário.

Foto:  Reprodução/ANN
Xampu comercializado ilegalmente em Kawasaki (Kanagawa)
Compartilhe
Comentários

542 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F