Outras Edições

Em destaque Brasil

Bolsonaro diz que pode sancionar gratuidade de bagagens

Presidente avalia criar exceção para as companhias de baixo custo (LCC)

Crédito: Reuters - 16/06/2019 - Domingo, 09:14h
Brasília - O presidente Jair Bolsonaro disse na sexta-feira que ainda não decidiu se vai vetar o dispositivo que proíbe a cobrança de bagagens de até 23 kg em voos nacionais, incluído no texto da medida provisória que retirou limites de participação de capital externo em companhias aéreas.

Segundo o presidente, uma possibilidade em estudo é sancionar a bagagem gratuita e editar uma nova medida provisória para permitir a cobrança apenas por parte das empresas de baixo custo (low cost).

Bolsonaro já fez declarações contraditórias sobre a questão das bagagens. Inicialmente o presidente afirmou que seu coração o mandava sancionar a gratuidade da bagagem e que sancionaria o dispositivo, mas depois afirmou que a tendência era vetar a bagagem gratuita.

Foto: Nacho Doce/Reuters
Passageiros no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo
Compartilhe
Comentários
1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F