Outras Edições

Em destaque Mundo

Irã considera "alarmante" acusação dos EUA de que país atacou navios-tanques

Uma embarcação norueguesa e outra japonesa foram atacadas perto do Estreito de Hormuz

Crédito: Reuters - 15/06/2019 - Sábado, 09:32h
Dubai - O Irã disse na sexta-feira que é alarmante e errado os Estados Unidos culparem Teerã por ataques contra dois navios-tanques na entrada do Golfo Pérsico, depois de um incidente que provocou temores de um novo confronto na rota vital de transporte de petróleo.

Os EUA divulgaram um vídeo que disse mostrar que a Guarda Revolucionária do Irã esteve por trás dos ataques de quinta-feira perto do Estreito de Hormuz contra o norueguês Front Altair, que pegou fogo, e o japonês Kokuka Courageous.

As duas embarcações estavam à deriva no Golfo de Omã nesta sexta-feira, depois que suas tripulações as abandonaram devido aos ataques, que causaram um salto nos preços do petróleo.

Um incêndio que irrompeu no Front Altair, que transporta um carregamento de nafta, uma matéria-prima petroquímica, foi apagado, disse o proprietário.

Cerca de um quinto do petróleo consumido globalmente passa pelo Estreito de Hormuz, enviado por produtores de energia do Golfo, inclusive a Arábia Saudita, a maior exportadora mundial de petróleo cru.

Os militares dos EUA disseram que um vídeo em preto e branco filmado de uma aeronave norte-americana mostrou membros da Guarda se aproximando do Kokuka Courageous em um barco de patrulha depois de explosões atingirem as duas embarcações e removendo uma mina-lapa que não explodiu do casco.

"A avaliação do governo dos Estados Unidos é que a República Islâmica do Irã é responsável pelos ataques que ocorreram no Golfo de Omã", disse o secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, aos repórteres.

Ele disse que a avaliação se baseou em inteligência, nas armas usadas, na especialização exigida e em ataques recentes semelhantes.

Os EUA culparam o Irã ou representantes por ataques que danificaram quatro navios-tanques na mesma área em 12 de maio, dizendo ainda que Teerã esteve por trás dos ataques de drone de 14 de maio contra duas estações de bombeamento de petróleo sauditas. Teerã negou todas as acusações.

"Estas acusações são alarmantes", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Abbas Mousavi, acrescentando que culpar o Irã pelos ataques de quinta-feira é "a forma mais simples e conveniente para Pompeo e outras autoridades dos EUA".

Teerã também disse que os EUA e aliados regionais, como os rivais iranianos Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, estão "instigando a guerra" ao fazer tais alegações.

Foto: ISNA/via Reuters
Navio petroleiro em chama no Golfo de Omã
Compartilhe
Comentários

440 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F