Outras Edições

Em destaque Comunidade

Brasileiro é condenado a 14 anos de prisão por matar esposa em Aichi

Juiz não aceitou pedido da Promotoria Pública, que era de 17 anos

Crédito: Redação - 11/06/2019 - Terça, 10:57h
Nagoia – O brasileiro Carlos Katsuhiro Okamoto (48), acusado de matar a esposa em Toyokawa (Aichi) em dezembro do ano passado, foi condenado pela Corte de Nagoia a 14 anos de prisão.

Na audiência realizada na segunda-feira (10), o juiz Hiroshi Ishii, considerou o comportamento do réu como “extremamente perigoso” e ressaltou a crueldade do crime.

“A vítima foi incapacitada com uma pancada na cabeça e teve o pescoço cortado em uma situação em que não podia se mexer. O crime mostra uma forte intenção de matar e uma atitude muito perigosa”, declarou o juiz.

De acordo com os laudos do processo, o assassinato ocorreu logo após uma briga. Carlos bateu na cabeça da esposa, Claudia Mayumi Makimori, de 40 anos, com um martelo e logo em seguida cortou o pescoço dela.

Segundo a promotoria, a briga foi motivada por questões financeiras e uma traição do marido com uma amiga de Claudia. O brasileiro fugiu logo após o crime, mas se entregou à polícia uma semana depois, no dia 22 de dezembro.

O juiz considerou o fato de o brasileiro ter se entregado, confessado e dito que refletiu e que queria enfrentar as consequências do crime que cometeu de acordo com a lei japonesa.

Segundo uma reportagem da emissora Nippon TV, este foi o motivo pelo qual o juiz não aceitou o pedido da promotoria, que queria 17 anos de condenação.

Foto: Reprodução/NNN
Compartilhe
Comentários

542 vagas disponíveis em todo o Japão

1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F