Outras Edições

Em destaque Tecnologia

Apesar de prejuízo, Sony vê setor de smartphones como indispensável

O negócio de celulares registrou perdas de 97,1 bilhões de ienes no ano encerrado em março

Crédito: Reuters - 24/05/2019 - Sexta, 03:23h

Tóquio - A Sony vê o negócio de smartphones como indispensável para a sua carteira de marcas, disse o presidente-executivo, contrariando pedidos de alguns investidores de que a empresa japonesa de eletrônicos deve acabar com o negócio que está perdendo dinheiro.

O negócio de smartphones registrou um prejuízo operacional de 97,1 bilhões de ienes (879,45 milhões de dólares) no ano fiscal encerrado em março, ficando atrás de rivais como a Apple e a Samsung, e pesando no lucro recorde do grupo.

O setor de equipamentos eletrônicos de consumo da Sony “tem se concentrado no entretenimento desde nossa fundação, não em necessidades diárias como geladeiras e máquinas de lavar”, disse Kenichiro Yoshida a um grupo de jornalistas na última quarta-feira.

“Nós vemos smartphones como um hardware para entretenimento e um componente necessário para tornar nossa marca de hardware sustentável”, disse. “E as gerações mais jovens não assistem mais à TV. Seu primeiro ponto de contato é o smartphone.”

A empresa, originalmente uma joint venture com a sueca Ericsson, da qual a Sony assumiu o controle total em 2012, tem participação de menos de 1% no mercado mundial, enviando apenas 6,5 milhões de aparelhos por ano, principalmente para o Japão e a Europa, segundo o balanço financeiro da Sony.

A Sony está reforçando as funções de jogos de seus smartphones para aproveitar os clientes de seu bem-sucedido negócio de videogames PlayStation.

Foto: Reuters
Compartilhe
Comentários
1 ano
26 edições
¥5.000 ienes
ASSINE A
REVISTA
RECEBA SEM SAIR DE CASA
PARTICIPE DE TODAS AS NOSSAS PROMOÇÕES
qr code alternativa
Telefone
050-6860-3660
Fax
03-6383-4019
Nippaku Yuai Co., Ltd.
〒151-0072
Tokyo-to Shibuya-ku Hatagaya 1-8-3
Vort Hatagaya 8F